Posts made in julho, 2016

Como Prepara Corretamente a Carne de Porco Cuidando da Higiene

Como Prepara Corretamente a Carne de Porco Cuidando da Higiene Conheça os cortes de carne Vários países possuem nomes ou até mesmo cortes diferentes de carne. Entretanto, geralmente há quatro partes básicas do porco comumente vistas à venda: A região da paleta, o lombo, a barriga e as patas/coxas. Os músculos próximos à espinha do porco formam uma carne macia e magra (e geralmente, mais cara), por não serem tão utilizados como os músculos mais próximos do solo, que, apesar de mais duros, são saborosos. Paleta – Os cortes desta região (que seria o ‘ombro’ do porco) precisam ser preparados em fogo baixo e com um pouco de água ou outro caldo, para derreter a gordura, gerando uma carne macia e úmida. Lombo – É a região onde ficam a espinha dorsal, filés e bistecas. São carnes geralmente macias, e vão bem se preparadas na grelha, frigideira ou chapa. Barriga e costelas – As costelas podem ser grelhadas ou assadas. O resto da carne desta região é geralmente utilizada para fazer bacon. Pernas/Pernil – Estes cortes são geralmente vendidos curados ou defumados. Há também opções de preparo destas partes assadas. Outros – Há pratos que utilizam a cabeça do porco (‘brawn’), ou ensopados e caldos. Também se utilizam as orelhas, fritas ou assadas. Outras partes do porco também são utilizadas em ensopados. Os órgãos também são utilizados em patês ou salsichas. Deixe um tempo na salmoura  Como a maioria dos porcos vendidos hoje em dia são de granja, criados com ração, a carne tem menos gordura e é, consequentemente, menos úmida. Deixar o porco em salmoura é uma boa solução para isso. Mas requer planejamento, já que a carne absorve a água e o sal lentamente. Quanto maior o corte de carne, mais tempo ele deverá permanecer na salmoura (geralmente entre 4 horas a até 2 dias). Você também pode colocar outros temperos, como açúcar. Saiba quando parar de cozinha-lo   Como qualquer carne, você deve cozinhá-la por tempo suficiente para matar quaisquer bactérias, mas evitar que ela seque demais. O departamento de agricultura dos Estados Unidos (USDA) recomenda que a carne atinja uma temperatura interna de 70 graus Celsius (que pode ser medida com um termômetro de cozinha). Entretanto, há quem prefira cozinha-lo somente até uns 65 graus. Levando estas informações em consideração, lembre-se ainda que os pedaços maiores de carne continuarão a cozinhar e ganhar temperatura por algum tempo após serem retirados do fogo. Assim, tome cuidado para não passá-los do ponto. Carne suína preparada à 70 graus Celsius pode, algumas vezes, permanecer rosada na sua parte mais interna, dependendo do método de preparo e ingredientes utilizados. Assim, o fato da carne estar rosada não significa, necessariamente, que esteja crua ou imprópria para o consumo! Armazene a carne de forma adequada  Quando comprar carne suína crua, leve-a à refrigeração o mais rápido possível, abaixo dos 4 graus Celsius....

Leia Mais »

Cuidados com a Higiene na Hora da Alimentação

Cuidados com a Higiene na Hora da Alimentação Os alimentos são nossa fonte de energia e nutrientes, são o principal combustível do nosso corpo. Por isso, precisamos tomar muito cuidado com a limpeza e higienização dos alimentos que consumimos, pois quando mal higienizados os alimentos podem se transformar em um veículo para transmissão de doenças. O cuidado com a alimentação deve começar desde o momento da escolha dos alimentos e se estender até o seu consumo. A ingestão de alimentos deteriorados ou mal higienizados podem aumentar o risco de contaminações, viroses, infecções e intoxicações, pois em muitos casos, os alimentos infectados por microrganismo costumam não apresentar alterações em seu aspecto nem em seu cheiro, e então podem ser facilmente consumidos sem que a se perceba a diferença. Alguns cuidados simples no nosso dia-a-dia podem garantir alimentos limpos e seguros na nossa mesa. Confira algumas dicas! Quais alimentos devemos higienizar? Alimentos como frutas, verduras e legumes sempre devem ser lavados e higienizados, principalmente se forem ser consumidos crus, para que o risco de contaminação seja reduzido. Como higienizar os alimentos? Existem alguns produtos disponíveis no mercado que são destinados para a higienização dos alimentos, porém o mais usado é o hipoclorito de sódio, popularmente conhecido como água sanitária, que deve ser própria para este fim (por isso, verifique sempre a indicação de uso no rótulo), encontrado geralmente em supermercados e afins. A utilização do hipoclorito é muito fácil. Primeiramente deve-se lavar o alimento em água corrente e retirar as partes deterioradas. Depois, deve-se colocar o alimento de molho na solução de hipoclorito e água, geralmente indica-se utilizar 1 litro de água para 1 colher de sopa de água sanitária (hipoclorito de sódio). Os alimentos devem ficar imersos nessa solução por aproximadamente 15 minutos e serem enxaguados em água corrente logo após. Depois de higienizados os alimentos devem ser colocados em um recipiente limpo e bem tampado, ou então preparados e servidos em seguida. Mas lembre-se, independente do produto que será utilizado para higienização dos alimentos verifique sempre a indicação de uso no rótulo, assim como as concentrações ideais para se usar o produto e o tempo necessário para a higienização correta dos alimentos. Dica prática Higienize corretamente todas as frutas, verduras e legumes, assim que chegar do supermercado/feira, já deixando pré-preparados para o consumo. Fica muito mais prático na hora de consumí-los. Evite manipular muito os alimentos já higienizados, para que eles não sejam contaminados por utensílios mal lavados, mãos, etc. Devemos lavar o ovo? Não há necessidade de lavar os ovos, pois eles já passam por um rígido controle de qualidade durante seu processamento. Mas, no caso de querer lavar os ovos o mais indicado é fazer isso no momento de usar. Devemos lavar queijos, frios e carnes? Não é aconselhável lavar esses alimentos para que seus nutrientes não sejam perdidos. E não se esqueça que todos nós estamos...

Leia Mais »

Cuidados Com a Saúde das Crianças Obesidade Infantil

Cuidados Com a Saúde das Crianças Obesidade Infantil Você sabe que os pais devem estar sempre de olho em suas atitudes, pois eles são o melhor exemplo para seus filhos! Em relação aos costumes alimentares, então, esta regra vale ouro! Afinal, é durante a infância que se desenvolvem os bons hábitos alimentares e o costume de consumir frutas, verduras e legumes. O ideal é oferecer e estimular de uma forma tranquila, aos poucos, desde pequenininha, para que, ao crescer, a criança não estranhe seu sabor nem sua textura. Confira as dicas! 1- Deixe sempre à mão frutas prontas para serem consumidas, isto é, higienizadas, em lugar visível e ao alcance das mãos. Não há quem resista a um prato de frutas coloridas e saborosas! 2- Inclua na lancheira escolar frutas e legumes fáceis de transportar e de consumir, como maçã, banana, uva, pera, goiaba, tangerina, uva-passa, cenoura ou pepino em palitinhos. Na hora que a fome apertar, em vez de um salgadinho ou um biscoito, o pequeno poderá contar com uma opção mais saudável. 3- Incremente as refeições com frutas, legumes ou verduras. Frutas podem ser usadas para dar um toque diferente às saladas (ex.: repolho com maçã; salada verde com manga, pera ou abacaxi; salada de rúcula com laranja). Alguns legumes e verduras podem ser cozidos junto com o arroz (ex.: brócolis, agrião, cenoura), com algum tipo de carne (ex.: agrião, chuchu ou cenoura) ou acrescentados à farofa (ex.: couve, escarola, milho ou cenoura). 4- Varie o tipo de corte e a forma de preparo das frutas, legumes e verduras para estimular seu consumo. Com a ajuda de um cortador de biscoito, corte-as em formato de coração, estrelinha, flor… 5- Inclua sopas no dia a dia. Elas são uma opção excelente para aumentar a ingestão de legumes e verduras, além de serem de fácil preparo e econômicas. Delas ainda podemos aproveitar o que normalmente jogamos fora, como talos e cascas, deixando-as ainda mais nutritivas. E não é apenas no inverno que você pode tomar sopa, não! Há receitas frias deliciosas, como o gaspacho (uma sopa espanhola rica em vegetais picados e ralados, juntamente com uma base de purê de tomate) e a vichyssoise (sopa de origem francesa, feita à base de alho-poró, cebola, batata e caldo de galinha). 6- Substitua sobremesas e doces por uma refrescante salada de frutas. Use-as ainda no preparo de mousses, gelatinas… 7- Troque bolos recheados e com cobertura por bolos de frutas e legumes (exemplos: laranja, banana, maçã, cenoura, abóbora e mamão). 8- Prepare sacolés (picolés congelados em saquinhos) de frutas naturais. Suco de morango, manga ou maracujá são opções deliciosas! 9- Troque o refrigerante por suco de fruta natural. 10- Experimente novos sabores de sucos e deixe a criança participar do momento de preparo: melancia ou maçã com gotas de limão; laranja com maracujá; laranja com acerola; maracujá com gengibre; mamão com...

Leia Mais »

Moda Evangélica Conjuntos

Moda Evangélica Conjuntos Escolha modelos de conjuntos modernos e nesse verão 2016 traz como destaque diversos estilos de conjuntos que vai estar fazendo muito sucesso escolha sempre os novos estilos escolha marca que trabalhe com modelos perfeitos com novas cores tecidos exclusivos e modernos. As tendências da moda evangélica trazendo muitas opções de conjuntos com diversas opções de looks perfeitos por isso veja sempre o que pode fazer parte do seu look no verão 2016. Para quem goste de estar na moda aposte sempre no que vai estar fazendo parte da moda garantindo sempre looks perfeitos que pode ser usado a qualquer hora sempre presando a qualidade e a modernidade das mulheres evangélicas que estão bem aparadas com marcas que aposta sempre no diferencial trazendo peças exclusivas e modernas. Fique por dentro dos modelos e estilos de conjuntos da moda feminina evangélica aposte sempre nos modelos que pode ser usado no dia a dia trabalho passeio igreja todos com muito estilo e elegância. Aposte nas marcas trazendo diferentes modelos que pode ser encontrado em diversas marcas que trabalha sempre com diferentes estilos que pode ser encontrado nas lojas exclusivas que trabalha com diversas marcas que esta fazendo sucesso no visual  de todas as mulheres evangélicas, vamos conhecer os modelos de conjuntos que vai estar na moda evangélica 2016....

Leia Mais »

Tendências da Moda Gestante 2016

Tendências da Moda Gestante 2016 Com a chegada de 2016 as mulheres já querem estar por dentro das principais tendências para a temporada. Mas, quando se trata de moda as mulheres grávidas também querem saber o que irão usar nesse ano. Afinal, não é porque a gestação dura 9 meses, que não podemos usar peças modernas, não é mesmo? As gestantes devem e podem usar roupas da moda para se sentirem ainda mais bonitas e felizes. Mas, não podemos esquecer que o conforto deve prevalecer sempre. Pensando nisso, listamos a seguir 5 tendências da moda gestante 2016 que prometem fazer sucesso. Macaquinho O antigo maquinho está com tudo e é uma peça que realça a beleza da gestante e deixa a barriga em evidência. Mas, além de ser uma peça moderna, o macaquinho também é muito confortável, por isso combina com as gestantes. Existem vários modelos da peça para agradar a todos os gostos e estilos. Branco e off-white  Para aguentar os dias quentes, a moda gestante 2016 traz diversas peças brancas e off-white. Ambas as cores vão marcar presença nessa temporada e trazer mais leveza e conforto para as mulheres grávidas. Sem contar que as roupas brancas e off-white deixam o visual mais elegante. Rendas As peças com rendas estão presentes na moda feminina há muito tempo, mas desta vez aparecem com tudo na moda gestante. A renda é ideal para mulheres românticas, já que transmite muita delicadeza. Essa tendência aparece em decotes, blusas, e detalhes de vestidos. Estampas tropicais Para deixar o visual das gestantes mais leve e alegre as peças estampadas também chegam com tudo. Além disso, esse tipo de estampa vem pra deixar o visual das mulheres pronto para o  verão. Por isso, aparecem as estampas de flores, folhas, elementos que representam a praia, coqueiro e animais. Peças leves e fluidas A moda gestante 2016 também vem com diversas peças leves e fluidas para deixar as mulheres grávidas mais bonitas, mas sem perder o conforto. Por isso, os vestidos mais soltinhos de tecidos leves irão predominar esse ano. Além disso, as blusinhas mais leves também aparecem com tudo para essa temporada. Essas são as principais tendências da moda gestante 2016. Você pode escolher as peças que mais combinam com seu estilo e arrasar o seu barrigão, sem perder a elegância. Só não se esqueça de priorizar o seu conforto, pois nesse período precisamos nos sentir confortáveis acima de tudo....

Leia Mais »