Benefícios da melancia para a saúde

Benefícios da melancia para a saúde

Benefícios da melancia para a saúde

Com a chegada do verão, nada melhor do que hidratar o nosso corpo com uma fruta deliciosa. E pensando nisso, é impossível não lembrar da melancia. Sua origem remete à África, mais especificamente ao deserto de Kalahari. Ao que tudo indica, o primeiro registro da fruta se deu há pelo menos 5 mil anos, no Egito, sendo descrita em hieróglifos nas paredes de construções antigas. Inclusive, um dado interessante sobre o antigo Egito é que, após a morte de reis, as melancias eram colocadas nos túmulos deles. O significado disso era um só: alimentá-los na vida após a morte.

Foi por volta do século X que a fruta foi levada para a China, que se tornou a maior produtora e consumidora do mundo. Após, no século XIII, a melancia chegou a toda a Europa, vindo, na sequência, para a América. E é na América do Sul que a fruta ganhou um destaque todo especial, principalmente no Brasil. Atualmente, o país é um dos grandes produtores da mesma, com cultivo em grande escala em alguns estados. São eles: São Paulo, Bahia, Goiás e Rio Grande do Sul.

As variedades de melancias

Oficialmente, existem mais de 300 variedades de melancia. Todavia, os tipos de melancia mais comuns são: a vermelha, a amarela, a mini (também conhecida como melancia baby), a com semente e a sem semente. Essa última teve sua origem na década de 60 e se refere àquelas que não possuem as sementes maduras na cor preta, normalmente encontradas em outros tipos. Desenvolvidas em laboratórios, as melancias sem sementes são feitas a partir do cruzamento de uma espécie tetraplóide, que possui quatro conjuntos de cromossomos, com uma diplóide, que possui o padrão de dois conjuntos de cromossomos. O que resulta dessa junção é uma fruta com semente triplóide, de três conjuntos de cromossomo e, especificamente, aquela que produz melancias sem sementes.

Os benefícios da melancia

São inúmeros os benefícios da melancia para a saúde e para o corpo. Rica em vitamina C, zinco, cálcio, ferro, magnésio e potássio, e com água em cerca de 90% de sua composição, a fruta tem um valor nutricional muito importante para o ser humano. Entre os principais atributos pode-se destacar, primeiramente, que a melancia colabora na hidratação do corpo, reduzindo tonturas e mantendo o nível certo de água no organismo. Automaticamente, a fruta atua na desintoxicação de toxinas no rim, evitando a formação de cálculos e ajudando no funcionamento renal. Continuando, a melancia é também uma fonte de licopeno. Para quem não sabe, esse é um carotenóide que ajuda no combate ao crescimento de células cancerosas, principalmente nas que se formam no cólon, próstata, pulmão e mama. Além desse fator, outros benefícios também envolvem sua eficiência na prevenção de outras doenças, como é o caso da pressão alta, diabetes e problemas cardíacos. Assim, a melancia beneficia e reduz a pressão sanguínea e, ao mesmo tempo, cuida do coração. A fruta também pode diminuir o colesterol ruim (o LDL) e impedir o acúmulo desse em vasos sanguíneos. Além disso, por possuir somente uma pequena quantidade de açúcar, além de muitos nutrientes e água, pacientes diabéticos podem consumi-la livremente. Por fim, mas não menos importante, principalmente em se tratando da estação mais quente do ano, a fruta é uma poderosa arma na proteção de radicais livres, atuando como um protetor solar natural. Além disso, por possuir antioxidantes e vitamina C na sua composição, o envelhecimento da pele também pode ser diminuído.

Então, já te convencemos do poder da melancia para a sua saúde? Esses são apenas alguns dos tantos benefícios dela para você. Com cerca de 30 calorias de energia em 100 gramas do produto, a melancia é uma das melhores frutas para se manter saudável. Portanto, abuse dessa delícia e passe bem em qualquer estação.

Postar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *