Dietas

Cardápio da Dieta para Perder Barriga

Cardápio da Dieta para Perder Barriga Algumas sugestões de menu para você secar a barriga! A partir da segunda semana, acrescente 1 bloco, ou seja: 1C (carboidrato) + 1P (proteína) + 1G (gordura) em qualquer uma das refeições, até completar 1 mês. Café da manhã  Opção A 200 ml (aprox. 1 xícara de chá) de café com leite desnatado e adoçante cottage + 1 ovo mexido frito em azeite de oliva Opção B 200 ml (aprox. 1 xícara de chá) de café com leite desnatado e adoçante 2 fatias de pão integral 2 colheres (chá) de requeijão light Opção C 1 maçã batida com 1 copo (300 ml) de leite de soja e 2 colheres (sopa) de proteína em pó (tipo Whey Protein) 4 amêndoas e 2 castanhas do pará Opção D 1 xícara de chá verde (ou chá branco, se quiser) 1 maçã 1 pão sírio + 2 colheres (chá) de coalhada seca Opção E 200 ml de laranjada (1 laranja com água)  Omelete de 1 ovos temperado com pimenta do reino e noz moscada frito em azeite de oliva Opção F 1 xícara (chá) de café com leite desnatado e adoçante 1 torrada de pão integral com 2 col. (chá) de cream cheese light e 2 fatias de presunto magro Opção G 1 xícara de chá verde (ou chá branco)  2 fatias de pão integral light com 4 colheres (sopa) de queijo cottage + 1 colher (chá) de azeite Lanche manhã e tarde (1 bloco) Opção A 1 fatia de melão  2 fatias de presunto magro 3 amêndoas Opção B 1 pão sírio pequeno com 2 colheres (chá) de coalhada seca 2 fatias de peito de peru light Opção C 1/2 mamão batido com 1 copo de leite de soja e 1 colher (sopa) cheia de proteína em pó (tipo Whey Protein) 3 amêndoas Opção D 1 iogurte desnatado ou light 2 nozes Opção E 1 pão de queijo pequeno com 2 fatias de peito de peru light Opção F 1 barra de cereais pequena (tipo Nutry) Opção G 1/2 abacate batido com leite de soja e adoçante Almoço  Opção A 3 colheres (sopa) de arroz integral  1 concha pequena de feijão preto  1 filé médio (90 g) de frango grelhado ou  salada de frango light  1 prato (sobremesa) de agrião e alface temperado com azeite de oliva (ou óleo de linhaça), sal e limão (ou vinagre balsâmico) Opção B 2 panquecas pequenas recheadas com peito de frango desfiado e cobertas com 1 colher (sopa) de molho de tomate 1 prato (sobremesa) de alface, rúcula e agrião temperados com azeite de oliva (ou óleo de linhaça), sal, e limão (ou vinagre balsâmico) Opção C Salada de salmão 1 batata média assada  1 prato (sobremesa) de rúcula, alface e agrião + 1/2 tomate temperados com azeite de oliva (ou óleo de linhaça), sal e limão (ou vinagre balsâmico)...

Leia Mais »

Dietas para Perder Barriga Rápido

Dietas para Perder Barriga Rápido Existem muitas partes do corpo que geram insatisfação nas pessoas, mas a campeã de reclamações é a região  abdominal. Provavelmente, você está nesta situação e, por isso, quer saber quais são as melhores dietas para perder barriga. Antes de tudo, é muito importante esclarecer que não existe uma dieta “milagrosa” que irá lhe gerar resultados em pouquíssimo tempo de maneira saudável e duradoura. Infelizmente, muitas pessoas acabam se iludindo com as dietas da moda que surgem todos os anos (dieta dukan, dieta do carboidrato, dieta da proteína etc) e, no final, acabam se frustrando porque restringem a alimentação de maneira drástica e não obtém os resultados desejados. Em alguns casos, surgem até problemas de saúde e sinais de depressão. Do que adianta emagrecer e engordar pouco tempo depois? Além disso, mesmo havendo uma redução de peso no curto prazo, este efeito é temporário e a consequência natural é voltar a engordar pouco tempo depois. A explicação científica é que o corpo humano se ajusta às mudanças bruscas na alimentação e, na falta de nutrientes, ele desacelera o metabolismo para que haja um menor gasto de energia. Esta é uma proteção natural para que o organismo se mantenha vivo. No momento em que você abandona a dieta e volta a comer aquilo que não podia antes, o seu metabolismo está em um ritmo mais lento. Nestas condições, há uma tendência maior do corpo acumular gordura porque o seu gasto energético é menor e, geralmente, as pessoas tendem a comer alimentos ricos em açúcares e gorduras para compensar o sofrimento durante a dieta. É comum encontrar casos em que houve até um ganho de peso se comparado à fase anterior à dieta! Sendo assim, a melhor maneira para emagrecer é adotar, gradualmente, uma dieta rica em alimentos que geram saciedade por mais tempo e que fornecem os nutrientes essenciais para o bom funcionamento do corpo. Esta é a combinação necessária para uma redução de peso saudável e duradoura....

Leia Mais »

Dieta para Perder Barriga

Dieta para Perder Barriga A dieta A dieta para perder barriga é estruturada na necessidade de gastar mais calorias do que se ingere. Afinal, o processo de emagrecimento só acontece quando se consegue atingir esse fim. E é para isso que existem as dietas. A partir do momento em que você tem plenas capacidades de fazê-lo, atingindo um grau de autodomínio tal que se disciplina a viver de maneira mais equilibrada e a se alimentar da maneira certa, com toda a certeza o processo de perder barriga será potencializado, levando-lhe a resultados satisfatórios em tempos recordes.  Vida saudável Mas não considere que as coisas serão tão simples assim. O mais importante é que você tenha a consciência de que precisa aderir a um estilo de vida mais saudável, eliminando tudo aquilo que possa vir a lhe fazer mal e inserindo na sua alimentação e no seu dia a dia as coisas que são benéficas para você. Por isso é indispensável criar um cardápio que contemple suas refeições com o mínimo de calorias e gorduras e que privilegie os alimentos mais leves e nutritivos. Por isso, é bom se acostumar com os alimentos integrais, as carnes grelhadas, o uso do adoçante em substituição ao açúcar, as frutas, verduras, e tudo o mais que possa ajudar a equilibrar a sua alimentação sem leva-lo ao sobrepeso. Outra coisa que você jamais pode se esquecer é da prática de exercícios físicos. O bem que eles fazem para quem está lutando contra uma barriga saliente é muito grande! Não deixe de considerar isso. Alie os exercícios à sua dieta. Com toda a certeza isso vai fazer muita diferença para você!  Não é só durante a dieta Mas qual é o grande erro que é cometido pelas pessoas que entram numa dieta para perder barriga e conseguem emagrecer rápido? Elas costumam interromper o processo, abandonam os hábitos que aprenderam a desenvolver, voltam a se alimentar de maneira errada e retornam para a vida sedentária. E aí não é preciso ser um especialista na área de saúde e nutrição para saber o resultado: o sobrepeso e a obesidade voltam a aterrorizar e a pessoa retorna ao mesmo corpo (isso se não ficar com deformidades ainda maiores). Para evitar esse tipo de mal e sempre permanecer na mesma dinâmica, você deve saber que vai viver em dieta para o resto da vida. Claro que depois de algum tempo essa dieta vai se tornando mais leve, mas você nunca pode sequer supor que pode parar. As coisas só vão dar certo se você tiver essa consciência e for responsável quanto a isso. Se não. O risco de tudo dar errado é muito grande! Resultados esperados Os resultados esperados são muito animadores. Com ela você pode emagrecer 5 quilos em apenas uma semana, “enxugando” a silhueta e diminuindo a barriga. Inúmeras pessoas já colocaram em prática essa dieta e...

Leia Mais »

Dieta para o verão 2017

Dieta para o verão 2017 Cortar calorias de maneira equilibrada é a garantia de emagrecimento saudável. Lembre sempre: não é preciso banir nenhum nutriente para perder os quilos extras.  Um menu bem balanceado, que contemple carboidratos, proteínas, gorduras, vitaminas e sais minerais, ajuda a manter a saúde e a disposição para todas as atividades do dia a dia. Dieta Café da manhã 1 ovo mexido Além de oferecer proteína, ele está cheio de vitamina A, que ajuda na renovação da pele.  1 torrada de pão de fôrma integral Fonte de carboidrato e fibras. Mais pique e menos fome.  1 copo de polpa de morango batida com leite desnatado A receita junta proteína, cálcio e vitamina C e, assim, afasta a obesidade. Lanche 1 copo de água de coco A bebida ajuda a repor os minerais perdidos no suor. Almoço 1 pires de salada de alface, manga, palmito, tomate seco e mostarda A preparação está repleta de fibras, que dão uma força ao intestino.  1 bifinho acebolado Ele fornece proteína e minerais, como o ferro.  2 colheres de sopa de arroz O arroz oferece boas doses de carboidrato e garante mais pique.  1 colher de feijão preto Seus grãos contêm fibras e proteína.  2 colheres de sopa de couve refogada A couve é fonte de betacaroteno, uma substância que protege as células. Lanche 1 copo de iogurte  2 colheres de sopa de granola Proteína, cálcio, fibras e carboidrato na medida certa para conter a fome. Jantar 1 pires de alface-americana com lascas de maçã, cenoura e molho de mostarda Uma salada de baixas calorias, mas rica em nutrientes.  2 colheres de atum em lata light refogado com cenoura, ervilha e milho A receita é fonte de proteína e ômega-3, uma gordura boa para o cérebro.  2 unidades de torrada integral Carboidrato na dose certa para o jantar. Ceia 1 copo de suco light A bebida ajuda a hidratar antes do sono....

Leia Mais »

Sopas saudáveis para emagrecer

Sopas saudáveis para emagrecer Sopas saudáveis para emagrecer Uma sopa quentinha nos dias de frio é tudo de bom, não é mesmo? Se for no jantar melhor ainda, pois assim seu corpo aquece e você dormirá bem melhor e mais leve. Hoje o Dicas Dieta te ensinará receitas de sopas e assim, como fazer Canja de galinha e Sopa de legumes. São receitas básicas, muito nutritivas, que você pode congelar e ir utilizando conforme a vontade de tomá-las bater. Receita de canja de galinha Ingredientes 1 peito de frango cortado em pedaços 1 colher sopa de óleo 1 cebola pequena picada 1 dente de alho amassado 2 batatas picadas em cubo 1 cenoura picada em cubos 1 tomate picado 1/2 xícara de arroz cheiro verde 2 litros de água fervente sal e pimenta do reino a gosto Modo de preparo: Esquente uma colher de óleo numa panela. Adicione a cebola, o alho, o frango e refogue até dourar. Adicione a batata, a cenoura, o tomate, o cheiro verde, o arroz e mexa bem. Adicione a água, o sal, a pimenta e deixe cozinhar em fogo médio por 30-40 minutos ou até o frango e o arroz ficarem macios. Coloque a sopa numa tigela e sirva. Eu gosto de salpicar queijo parmesão ralado por cima da sopa de frango na hora de comer. Dá um toque bem saboroso. Receita de sopa de legumes Ingredientes: 1 colher sopa de óleo 1 cebola pequena picada 1 dente de alho amassado 2-3 batatas picadas em cubos 1 cenoura picada em cubos 100 gramas de vagem picada 2 tomates picados cheiro verde 2 litros de água fervente 1 cubo de caldo de carne ou galinha (opcional) sal e pimenta do reino a gosto Modo de preparo: Esquente uma colher de óleo numa panela. Adicione a cebola, o alho e refogue até dourar. Adicione os legumes, o cheiro verde e mexa bem. Adicione a água, o caldo de carne/galinha, o sal, a pimenta e deixe cozinhar em fogo médio por 30-40 minutos. Se você quiser sopa de legumes com arroz, adicione 1/2 xícara de arroz cru no momento que você adicionou os legumes e siga o preparo normalmente. Se você quer a versão com macarrão, adicione 1 xícara de macarrão 15 minutos antes de desligar, e se você quer uma sopa cremosa de legumes é só bater no liquidificador a sua sopa antes de servir....

Leia Mais »

Alimentos mais eficazes para reduzir o colesterol sem medicação

Alimentos mais eficazes para reduzir o colesterol sem medicação Os alimentos que comemos tem um efeito enorme sobre nossos níveis de colesterol. Alguns alimentos podem aumentar o colesterol HDL (bom colesterol) enquanto outros ajudam diminuir o colesterol LDL (mau colesterol). Se você tem colesterol alto ou quer evitá-lo, você tem que prestar muita atenção aos alimentos que consome. Vários estudos mostram que uma das melhores formas de prevenir a doença cardiovascular é através da redução do colesterol ruim. Abaixo estão os alimentos que reduzem o colesterol para você adicionar em sua dieta e contribuir com a saúde do seu coração. Alimentos que baixam o colesterol Aveia Em sua composição reúne um conjunto de substâncias cujo efeito tem mostrado eficaz para reduzir as taxas de colesterol plasmático: gorduras insaturadas, avenasterol, fibra e lecitina. O avenasterol é um fitosterol com capacidade de diminuir a absorção de colesterol no intestino, assim como a lecitina. Cevada A cevada, e em partilhar a sua riqueza em um tipo de fibra solúvel, chamada betaglucana, têm se mostrado eficazes na redução do colesterol LDL, o mau colesterol. Leguminosas Alguns fitoquímicos das leguminosas são diretamente envolvidos na redução do colesterol. As lectinas, presentes nesses alimentos, favorecem o transporte de colesterol no sangue e no metabolismo, reduzindo assim o risco de acumulação sobre as paredes das artérias. As saponinas diminuem a absorção de colesterol no trato digestivo, e estão também presentes nas leguminosas. Alguns exemplos desses alimentos são: soja, grão de bico, feijão, feijão branco. Outros: alho, abacaxi, tomate, kiwi, amora, uva, repolho, cebola e cebolinha. Nozes As nozes são muito interessantes por sua contribuição de ácido alfalinolênico, que o corpo converte em ácidos graxos ômega 3 e também contém fitosteróis, ambos reconhecidos pelo seu papel na redução do colesterol ruim. Óleos vegetais Os óleos vegetais, principalmente o azeite de oliva, é rico em ácidos graxos monoinsaturados (ácido oleico), vitamina E e fitosteróis, todos os compostos com propriedades cardioprotetoras. Soja Em sua dieta para colesterol alto não pode faltar a soja. O consumo regular de soja como legume (ou óleo) fornece uma quantidade significativamente alta de ácido linoleico, lecitina e isoflavonas com efeitos benéficos para redução do mau colesterol. As isoflavonas, particularmente a genisteína, um dos mais abundantes na soja, exercem uma ação inibidora da agregação de plaquetas e atividade antioxidante em lipoproteínas de alta densidade (LDL), que ajuda a reduzir o colesterol do plasma. Peixes gordos Os peixes gordos têm em média cerca de dez gramas de gordura rica em ácidos graxos poliinsaturados da série ômega 3, como DHA (ácido docosahexaenóico) e EPA (eicosahexaenoico), conhecido pela sua capacidade de reduzir os triglicéridos no plasma, aumentar a vasodilatação arterial, reduzir o risco de trombose e a pressão arterial. Todos estes efeitos são postulados como protetores de doença cardiovascular. Abacate Estudos clínicos têm mostrado que incluir abacate na dieta, ajuda a reduzir os níveis de colesterol total. Embora a...

Leia Mais »