Bijuterias

Venda de Bijuterias

Venda de Bijuterias Não existem dados exatos quanto ao quantitativo de Lojas de Bijuterias no Brasil. Segundo o Instituto Brasileiro de Gemas e Metais – IBGM existem cerca de dezesseis mil empresas neste ramo entre fábricas e lojas, abaixo demonstrada a composição: DADOS IBGM: CADEIA PRODUTIVA – NÚMERO ESTIMADO DE EMPRESAS EM 2012 INDÚSTRIA Lapidação / Obras de pedras 350 Joalheria ouro e prata 1.100 Folheados e bijuterias 2.450 Total Indústria 3.900 VAREJO 12.000 *Não inclui ateliês de design e ourives, nem micro empreendedor individual. As empresas que compõem a Cadeia Produtiva, tanto na indústria quanto no varejo, são compostas basicamente, por micro e pequenas empresas, responsáveis por mais de 96% do universo. Este é um segmento de negócio caracterizado pelo excesso de concorrência principalmente de pessoas que atuam informalmente como, por exemplo, os camelôs. O empreendedor deve fazer um estudo de viabilidade em sua região, identificando as empresas já instaladas, o tipo de produto oferecido e o volume de potenciais consumidores. É importante ressaltar que a rentabilidade de uma Loja de Bijuterias se dá com um grande volume de vendas, uma vez que, a maioria dos produtos tem baixo valor de venda. Vide abaixo dados do IBGM sobre informalidade estimada no setor. DADOS IBGM: INFORMALIDADE ESTIMADA DO SETOR Embora tenha se reduzido nos últimos anos, a informalidade continua elevada, tanto na produção quanto na comercialização, onde os vendedores autônomos (sacoleiras) têm forte participação, inclusive com a utilização crescente de mercadoria estrangeira. Atualmente está estimada em cerca de 30% do mercado, devido principalmente à alta tributação e aos baixos tetos de faturamento do SIMPLES. Ameaças e oportunidades As oportunidades de negócios são definidas pelas possibilidades de bons resultados que o empreendedor vislumbra ao implantar um novo empreendimento. O conhecimento real das possibilidades de sucesso somente será possível através de pesquisa de mercado. Uma pesquisa não precisa ser sofisticada, dispendiosa – em termos financeiros – ou complexa. Ela pode ser elaborada de forma simplificada e aplicada pelo próprio empresário, para estudar a concorrência já instalada, o tipo de público predominante na região, em termos de capacidade aquisitiva, os gostos pessoais, a cultura e as expectativas que as pessoas têm em relação a uma Loja de Bijuterias. Também é importante pesquisar os preços praticados pelos concorrentes, o padrão das lojas existentes; comparar as características dos potenciais clientes. O risco de abrir as portas sem conhecimento do ambiente local é muito grande. Oportunidades: – As bijuterias atraem diversas classes sociais; as ameaças são representadas por todas as possibilidades de insucesso que o futuro empresário pode identificar para o novo negócio. A realização da pesquisa fornece subsídios para a previsão de dificuldades que poderão aparecer pelo caminho. Ameaças: – Concorrência de pessoas que atuam informalmente no mercado de bijuterias; – Necessidade de um alto volume de vendas para ter um lucro significativo....

Leia Mais »

Como Fazer Bijuterias para Vender

Como Fazer Bijuterias para Vender Hoje nós preparamos dicas de como fazer bijuterias para vender, que pode ser uma ótima oportunidade para aumentar sua renda mensal produzindo seus produtos a partir de casa! As bijuterias sempre foram acessórios com boa vendagem no mercado brasileiro e quem possui habilidade no manuseio de ferramentas e matérias primas, poderá começar a produção de brincos, colares, pulseiras e muitos outros tipos de bijuterias de forma artesanal. Estes produtos tem o seu valor e podem proporcionar uma renda complementar ou mesmo ser ponto inicial para o surgimento de uma marca renomada de bijuterias. Ao longo desse artigo você encontrará algumas dicas para fabricar bijuterias, terá uma noção das ferramentas e materiais necessários, assim como o processo de venda que poderá adotar para seu negócio de bijuterias caseiras! Tipos de bijuterias para fazer e vender A primeira coisa que você precisará fazer é definir os tipos de produtos que irá produzir para vender. Na maioria dos casos quem faz bijuterias para venda acaba trabalhando com vários itens diversos, porém logo de inicio, o mais indicado é você focar em 1 ou 2 tipos de produtos e se esforçar para fazer o melhor possível. Assim que for ganhando mais experiência, poderá aumentar o seu leque de produtos fabricados para vender. Dentre os principais tipos de bijuterias para fazer, você poderá trabalhar com brincos, pulseiras, maxi colar, tornozeleiras, colares e outras peças mais. Justamente nesse inicio quando você estiver definindo os tipos de produtos que irá fabricar, é que será mais interessante investir em um curso que ensine todas as técnicas de produção desses acessórios. Um excelente treinamento que eu recomendo aqui é o curso como fazer bijuterias, que foi produzido pelo CPT e que ensina desde a produção até a comercialização dos seus produtos fabricados. Material para fabricar bijuterias Logo de inicio você precisará comprar algumas pequenas ferramentas para trabalhar e peças para montagem de bijuterias, portanto este será o seu principal custo para começar produzir e vender bijuterias. Todo o restante dependerá apenas da sua própria habilidade manual para produzir seus novos produtos. Tesoura de arremate. Alicates pequenos. Cola. Palito pega strass. Além dos acessórios de trabalho, será preciso investir em matérias primas para confeccionar suas bijuterias próprias para vender. Dentre as principais matérias estão os alfinetes, strass, cristais de vidro, corrente de camurça, base para anel, couro trançado, pingentes e vários outros acessórios básicos para produção de bijuterias. Como fazer bijuterias para vender? Para você que chegou até aqui querendo saber como fazer bijuterias para vender, é importante ter em mente que o processo de produção exige algumas técnicas, habilidades e muita prática, então pratique várias e várias vezes até conseguir fazer a melhor bijuteria possível. O importante é não desistir logo de cara, pois esse é um tipo de trabalho manual para pessoas persistentes. No vídeo a seguir é possível entender como fazer uma...

Leia Mais »

Folheados a Ouro no Atacado

Folheados a Ouro no Atacado Você sabe onde comprar folheados a ouro no atacado para revender? Se não sabe é só continuar lendo as dicas! Recentemente eu tive o prazer de conhecer uma mulher, aqui na minha região, que vem tendo bons resultados com a venda de folheados e mesmo tendo começado a poucos meses, ela já consegue ganhar pelo menos 1 salário mínimo com o negócio. Ela trabalha vendendo somente de porta em porta e durante os dias de pico na feira livre aqui do município, então achei bem interessante falar sobre esse assunto aqui e foi por isso que preparei algumas dicas sobre compra de folheados a ouro no atacado para revenda. Tipos de folheados a ouro para revender Naturalmente os folheados a ouro no atacado podem ser de vários tipos e modelos, portanto ao comprar diretamente de um bom fornecedor você poderá adquirir brincos, pulseiras, colares, anéis, gargantilhas e muito mais. É ideal também que você já saiba pelo menos quais são os tipos de folheados que as pessoas da sua região mais procuram e costumam comprar, pois isso lhe dará uma dimensão melhor desse mercado. Lógico que nem sempre é possível ter 100% de certeza com relação aos folheados que vai comprar e também vale a pena focar em produtos diferentes dos tradicionais, portanto o melhor a fazer é um teste inicial, comprando assim certa quantidade de produtos com todos os tipos possíveis, para ter uma noção do que seus primeiros clientes mais irão comprar. Onde comprar folheados a ouro no atacado? Se você procura folheados a ouro no atacado, então já deve saber que o primeiro desafio será encontrar um fabricante de produtos que ofereça não só uma grande variedade de folheados, mas que seja de qualidade, com preços acessíveis e facilidades para os clientes. Um dos fabricantes que eu já comprei diversas vezes e costumo recomendar sempre aqui é a Imagem Folheados! Essa é uma empresa de Limeira, no estado de São Paulo, que tem fabrica própria de folheados a ouro e a prata, mas que só vende pela internet. É isso mesmo, ela é totalmente diferente das demais fabricas, sendo que nesse caso você não precisa sair de sua cidade para comprar os produtos, é possível adquirir produtos direto da fabrica pela internet, os preços são bem baixos e tem muitas vantagens incríveis. Como revender folheados a ouro aí em sua cidade? Por mais que você esteja comprando seus primeiros folheados a ouro no atacado agora para revender, saiba que trabalhar com esses produtos é bastante comum, principalmente pelo fato que as bijuterias folheadas são tradicionais, tem preços acessíveis e constantemente estão se inovando, portanto é um mercado de produtos bons de trabalhar. O que eu recomendo antes de tudo é que defina a forma como irá revender seus folheados, antes mesmo de comprar diretamente de um fornecedor, então você pode vender...

Leia Mais »

Como Ganhar Dinheiro Vendendo Semi Jóias

Como Ganhar Dinheiro Vendendo Semi Jóias Vender semijoias não é uma tarefa recente, muita gente já desempenha esse papel e algumas dessas têm faturado bastante, mais de 100 mil reais por mês, por exemplo. É o caso de duas irmãs em São Paulo, que vendem cerca de 80 mil peças, mensalmente. O caso foi noticiado pelo site G1, em 2014. Para chegar nesse patamar é preciso mais do que conhecimentos sobre vendas e marketing. Elas, que têm um ateliê e uma loja, respectivamente – Leka Acessórios e Loja Castilho -, chegam a lançar ao menos 5 peças novas, a cada semana. Essa tática sempre atrai aquelas clientes em busca de novidade, o que também permite ao negócio uma dinâmica bacana. Quem quiser aprender criar suas próprias semijoias pode contar com cursos online, Sesi, entre outros. Tanto as plataformas, quanto as instituições de ensino presencial dão o suporte necessário aos marinheiros de primeira viagem. Depois fica a cargo do profissional constituir ou não um ateliê físico, uma vez que pela internet é possível estabelecer comércio para o mundo todo.  Compra Outra opção para aqueles que já querem as peças prontas é a compra por atacado ou o sistema de consignação – é repassado apenas o valor das vendas, assim como as semijoias restantes, daí ganha-se um percentual em cima dessas vendas. Quem pensa em lucrar comprando os itens deve fazer isso direto de uma fonte grande, ou seja, evitar negociar com gente comum, porque muito provavelmente, essa pessoa comprou por meio de atacado, embutiu o seu valor e repassou assim. Daí, o vendedor novato acrescenta mais valor ainda. No fim das contas, as peças ficam mais caras do que realmente são e isso pode interferir nos ganhos financeiros. Para se ter uma ideia, comprando direto da fábrica o lucro pode superar a margem de 100%. Outra dica bacana é manter a atenção nas tendências e novidades. Lembra das irmãs citadas acima? Então, crie esse mecanismo de trazer peças interessantes, de grande impacto, sem deixar de acrescentar os gosto daquelas clientes mais conservadoras.  Venda Antes de pegar a maleta e sair por aí vendendo, o empreendedor deve estabelecer as suas metas, a fim de focar em situações significativas. A venda direta, no Brasil e mundo afora , rende ganhos milionários para empresas como Avon, Natura, etc. Esse método ainda demonstra um potencial incrível, sendo assim, deve ser explorado com planejamento. Antes de tudo, pegue papel e caneta e liste dez pessoas amigas ou parentes. Depois ligue para elas, a fim de agendar uma visita. Leve consigo as semijoias para esse encontro e lá conte a novidade. Depois disso peça a cada uma delas, pelo menos 3 indicações de pessoas chegadas a elas. Realize o mesmo procedimento e boas vendas. Note que ao final dessas 10 visitas, cada uma fornecendo 3 contatos, serão mais novas 30 pessoas. Nesse ramo, não tem como...

Leia Mais »

Dicas para Vender Bijuterias

Dicas para Vender Bijuterias Comprar bijuterias baratas para revender é a primeira medida a ser tomada por quem deseja trabalhar nesse ramo, porém antes de começar atuar é importante se lembrar de alguns pontos importantes, por isso que selecionamos 5 dicas para vender bijuterias. Lógico que não existe nenhum segredo a respeito desse mercado que ainda não foi revelado, porém muitas pessoas se esquecem dos passos básicos iniciais e nós estamos aqui para relembrar. Compre bijuterias direto da fabrica Uma das melhores dicas para vender bijuterias que podemos lhe recomendar aqui é que, simplesmente, compre seus produtos diretamente da fabrica. Mesmo com toda a facilidade que temos hoje em dia e a maioria das empresas tendo sites onde podemos comprar no atacado com grandes descontos, muitas pessoas ainda compram bijuterias para revender com pessoas comuns como ele mesmo. O grande problema disso é que quem vai revender acaba não ganhando praticamente nada. Então se você está a procura de dicas para vender bijuterias, saiba que a compra dos seus produtos diretamente da fabrica é a melhor dica a seguir, pois você irá comprar os produtos que bem quiser, com descontos de até 50% e não irá depender de ninguém para trabalhar. Trabalhe de porta em porta No inicio desse negócio, você precisará agir de forma correta para chegar aos seus clientes e conquista-los. Mesmo que o seu objetivo seja trabalhar com a venda de bijuterias a partir de casa, saiba que uma das melhores dicas para vender bijuterias é nada mais nada menos que ir a casa dos seus futuros clientes. Trabalhar de porta em porta é uma forma excelente para cativar as pessoas, deixa-las mais a vontade para escolher e concluir boas vendas. Então o ideal é que você faça uma, duas ou até três visitas na casa dos clientes toda vez que pegar mercadorias novas, pois depois disso a tendencia é que eles mesmos lhe procure para comprar o que desejam. Crie verdadeiros amigos Nesse ramo de bijuterias, quem deseja se destacar e vender com qualidade, precisa focar em algo muito importante hoje em dia que se chama: Fidelização dos clientes. Quando você consegue fidelizar seus clientes, eles sempre irão comprar novamente os seus produtos e tudo isso por uma questão de confiança e amizade. É dessa forma que os grandes vendedores conseguem chegar onde tanto queriam, porque eles transformam seus clientes em verdadeiros amigos. Então procure se relacionar com seus futuros clientes e crie um ciclo de amizade com cada um deles. Comece oferecendo seus produtos aí mesmo na sua rua, vá expandindo para todo o bairro e aos poucos chegue a toda cidade, mas o importante é fazer um trabalho bem feito. Faça testes com seus produtos Todo mundo sabe que existe uma grande variedade de produtos no ramo de bijuterias que podemos pegar para revender. São brincos, pulseiras, anéis, correntes e muito mais, então...

Leia Mais »

Confecção de Bijuterias

Confecção de Bijuterias Para muitas empreendedoras, a opção pela confecção de bijuterias pode ser uma ótima ideia para montar um negócio em casa. Foi o que aconteceu com Luiza Costa, que nem pensava em entrar para o ramo, mas uma sequência de fatos acabaram por levá-la a essa experiência. A história de Luiza encontrou a opção de ganhar dinheiro com a confecção de bijuterias quando para cuidar dos filhos teve que abandonar a empresa em que trabalhava e por não aguentar ficar parada resolveu criar bijuterias para si própria, como uma forma de passar o tempo. No início não havia qualquer intenção em transformas a confecção de bijuterias em um negócio, mas quando suas amigas passaram a conhecer suas criações, não demorou para começarem os pedidos e de uma hora para outra o negócio estava criado. Com os pedidos veio a oportunidade de transformar a montagem de bijuterias em um negócio próprio com boas perspectivas para o futuro. No início era tudo muito simples e sua divulgação consistia basicamente de tirar fotos de suas criações para enviar por e-mail para as amigas. As coisas mudaram um pouco com o boom das redes sociais. O Facebook e Instagram passaram a ser aliados no processo de venda e a empresária já pensa em montar uma pequena loja virtual já que atualmente isso não requer um investimento muito grande. A divulgação é fundamental Na confecção de bijuterias divulgar é fundamental Agora com quase cinco anos trabalhando no segmento, Luiza dá como conselho para quem está chegando agora, a participação em feiras e eventos, para conquistar o sucesso nesta área. Segundo ela, isso dá visibilidade às suas criações e ajuda a aumentar as vendas, pois muitas pessoas passam a conhecer seus produtos e depois entram em contato para comprá-los. Outra opção é a venda para lojistas que compram peças de diversos artesãos para depois revendê-las em suas lojas. Com a invasão dos produtos chineses, muitos comerciantes estão passando a comprar de artesãos nacionais como forma de oferecer um produto diferenciado. O importante é ampliar cada vez mais o seu leque de opções para conquistar o máximo possível de canais de distribuição da sua produção para trazer cada vez mais receita, e lucros para o seu negócio. Isso não tem nada de difícil e pode ser feito pela Internet através do seu home office. Capacitação e aperfeiçoamento Depois de iniciar o negócio Luiza buscou aperfeiçoar suas técnicas. Atualmente existem ótimos cursos sobre montagem de bijuterias que certamente vão agregar mais valor ao seu trabalho e expandir seus horizontes. Entre eles podemos citar o cursos de confecção de bijuterias do Senac SP. Além do apoio para a capacitação, você também pode contar com o auxílio de algumas entidades como a Superintendência do Trabalho Artesanal nas Comunidades – Sutaco, que oferece vantagens em impostos e crédito na compra de material. Internet é uma ótimo canal de...

Leia Mais »