Comidas

Sebrae Ensina a Ganhar Dinheiro Com Salgadinhos e Comida Congelada

Sebrae Ensina a Ganhar Dinheiro Com Salgadinhos e Comida Congelada Como sempre, o Sebrae se destaca quando o assunto é orientação daquele que deseja empreender. O Arteblog selecionou um importante estudo feito pelos profisionais do Sebrae para direcionar aqueles que desejam obter renda fazendo salgadinhos de festa e outras comidas congeladas. Que tal você conferir alguns trechos disponibilizados no site do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas? “A partir da década de 80 os alimentos congelados passaram a ocupar um espaço importante no cardápio dos brasileiros, principalmente das classes média e alta, e em maior concentração em regiões onde a participação das mulheres no mercado de trabalho é grande. Os congelados tornaram-se uma opção para quem não quer, ou não pode dispor de tempo preparando seus próprios alimentos, mas também não abre mão de uma alimentação saudável e saborosa.” “O congelamento é um eficiente sistema de conservação de alimentos. É considerado o melhor método de preservação dos mais variados produtos, mesmo daqueles tidos como perecíveis.” “Algumas dicas devem ser levadas em consideração para o sucesso da operação e inserção no mercado dos produtos da fábrica de alimentos congelados:  Não negligenciar na qualidade dos produtos utilizados como matéria-prima; • Dispor de serviços que ofereçam comodidade aos clientes – canais de pedidos e serviços de entrega; • Ouvir os clientes através de pesquisa e adequar serviços e produtos às expectativas; • Implantar um bom sistema de gerenciamento da empresa com planejamento e acompanhamento do desempenho, visando a sustentabilidade e boa performance do negócio. O segredo deste tipo de negócio está no acompanhamento constante do empresário junto ao processo produtivo. A administração rigorosa da cozinha, em busca de qualidade e economia, garante o padrão de desempenho desejável. Alguns temperos como pimenta doce, canela, gergelim e gengibre proporcionam sabores diferenciados à comida e agregam valor ao serviço, sem elevar os custos. • Para elevar a produção dos pratos, o empreendedor precisa desenvolver parcerias com canais de distribuição do varejo como supermercados e lojas de conveniência. Também deve ficar atento às exigências legais referentes à rotulagem, prazo de validade, embalagem, condições de armazenamento e transporte, manipulação de produtos e demais quesitos estabelecidos pelos órgãos responsáveis. Uma boa opção para quem está abrindo o negócio é alugar os equipamentos de cozinha, ao invés de adquirir diretamente. O aluguel reduz em até dez vezes o investimento inicial e permite ao empreendedor testar a receptividade do mercado consumidor. Outra dica é adaptar o cardápio aos costumes regionais. Por exemplo, para cidades litorâneas, convêm reforçar as opções de pratos com frutos do mar. Já para cidades do interior, pode-se utilizar mais carnes e frangos. Estas adaptações, além de agradar mais aos clientes, ajudam na redução de custos e estimulam a economia regional.” “Seguem ainda dicas acerca do processo de congelamento dos alimentos: Não congelar receitas à base de maisena, gelatina pura, maionese, claras cozidas ou em neve, gema crua,...

Leia Mais »

Máquina de Fazer Coxinha Ótima Opção para Vender Salgados

Máquina de Fazer Coxinha Ótima Opção para Vender Salgados Uma máquina de fazer coxinha é uma ótima opção para quem quer ganhar dinheiro rápido, porque possibilita aumentar sua produção significativamente, e assim dar conta da demanda. A máquina de fazer coxinha traz vantagens e ganho de escala. comparando com a produção manual,  uma pessoa em média 300 salgados por hora, enquanto que na máquina a produção é de 2.500. Se colocarmos um funcionário para trabalhar na produção, teremos então outra vantagem em relação ao pagamento de salário, porque a produtividade será muito maior. Podemos comprar um equipamento compacto para fabricar salgados e docinhos, por algo em torno de R$ 30 mil. Encontramos no mercado de máquinas específicas para o setor de alimentação, máquinas de fazer salgados como coxinhas, quibes e muitos outros, com características bastante inovadoras. O sucesso nesse setor é tão impressionante, que um empresário investiu, a pouco mais de 2 anos, R$ 400 mil na linha de produção da sua empresa, para fabricar uma máquina de fazer coxinha e outros salgados. Hoje este empresário já amortizou o investimento  e  já colhe os frutos da sua iniciativa. A máquina de fazer doces e salgados já representa mais de 30% do faturamento da fábrica, que está na média mensal de R$ 750 mil. Este empresário vende máquinas no Brasil inteiro, e atende também alguns países da América do Sul, Europa e Ásia. Máquina de Salgados – Praticidade e Produtividade O público que adquire uma máquina de fazer coxinha e outros salgados e docinhos é bem definido. São pequenos empreendedores trabalham em casa, sua produção é manual, e comercializa os salgados na própria vizinhança.  Uma máquina compacta e de funcionamento bem simples e prático, utilizando moldes que dão o formato exato de cada tipo de salgado ou docinho,  estes pequenos empresários ganham em escala, podendo comercializar grandes quantidades, e também ganham em qualidade e apresentação, pois todos os produtos será exatamente iguais, tanto em tamanho quanto em recheio. Para você ter uma ideia, para produzir coxinha na máquina, basta colocar a massa em um compartimento, o recheio em outro e pronto. Apertar um botão e a massa é modelada com as hastes da máquina e a coxinha no tamanho padrão vai na esteira, em questão de segundos. Máquina de Fazer Coxinha – Dicas de Negócio Com uma máquina de fazer coxinha e outros salgados, já é possível entrar para o segmento de alimentos e buffet. Quer saber como ? As vantagens da máquina de fazer coxinha chamou a atenção de um publicitário chamado Sérgio Murbach. Junto com seu filho Felipe, que estudou e formou-se em gastronomia, montou uma pequena fábrica de salgados e doces, para atender eventos e festas. O nome comercial da empresa é  Croquete e Cia. Apesar da empresa ainda estar começando suas atividades, e operando com menos de 30% da sua capacidade total de produção, com a performance da máquina de salgados, atinge hoje a marca de 20 mil unidades, entre salgados e doces. A tendência...

Leia Mais »

Como Ganhar Dinheiro Com Salgados

Como Ganhar Dinheiro Com Salgados Salgadinhos são guloseimas super vendáveis, amadas pela grande maioria do povo brasileiro. Se você tem habilidades culinárias e está à procura de uma renda extra, fazer salgados para vender pode ser o pontapé inicial para seu sucesso financeiro. É possível ver por aí muitas pessoas vendendo salgados nas ruas – umas são ignoradas, enquanto outras estão sempre rodeadas de fregueses. Cursos de salgadinhos irão acrescentar muito a você, mesmo que já tenha experiência na área. Na internet, há muitos cursos básicos gratuitos, e-books baratos, sem contar as vídeo-aulas disponíveis no YouTube. Participe de fóruns de culinária, a troca de conhecimentos nesses ambientes é muito valiosa. Se você é hábil para preparar quitutes, mas não tem noções de empreendedorismo, procure os cursos gratuitos online do Sebrae. Descubra que tipo de salgado você vai vender Defina que tipo de salgado você vai preparar. Os mais comuns são coxinhas, pasteizinhos (fritos ou assados), quibes, rissoles, entre outros. Há também os salgados finos, mais solicitados para casamentos e eventos empresariais (enroladinho de presunto, croquetes, empadinhas…). Esteja atento ao comprar os ingredientes que serão utilizados. Pesquise bastante, para não gastar muito nas compras, mas não descuide da qualidade do que for comprar. Não adianta comprar a farinha de trigo mais barata e depois fornecer ao cliente um salgado com a massa ‘duvidosa’. Venda Primeiro Para Amigos e Vizinhos Depois de testar e aprovar as receitas escolhidas, comece oferecendo os salgados na vizinhança, na sua escola/faculdade, para seus amigos.. As pessoas aprovarão seus salgados e os divulgarão para você. Nesse ínterim, prepare cartões de visita com os seus contatos e os distribua. É uma ótima maneira de se fazer conhecido. Cuidados ao Se Vender na Rua Se você quiser vender na rua, tenha sempre o máximo cuidado com sua aparência e higiene. Esteja impecável e apresente seus salgados sempre perfeitos. E, para que você possa trabalhar tranquilamente, procure a Prefeitura Municipal de sua cidade e veja como obter autorização para vender em um ponto fixo – portas de escola, de repartições públicas, de igrejas etc. Saia da Informalidade Procure, assim que for possível, legalizar seu negócio e sair da informalidade. Cadastrando-se como Microempreendedor Individual (MEI), você terá mais segurança profissional, poderá fornecer notas fiscais e contar com os benefícios do INSS, em casos de necessidade, tais como licença-maternidade, auxílio-doença, entre outros. Acesse o Portal do Empreendedor para saber mais. Ficando Gigante: Venda por Encomenda Você pode também fornecer salgados por encomenda (geralmente esses são em tamanho menor e se vende a centenas). Você pode trabalhar com a entrega dos salgados congelados ou já assados/fritos.  Procure firmar parcerias com serviços de buffet, padarias ou lanchonetes. Seja pontual na entrega das encomendas, pois essa clientela é mais exigente em relação a horários. Com muita dedicação e boa vontade, o seu negócio será...

Leia Mais »

Como Fazer Nhoque Para Vender

Como Fazer Nhoque Para Vender Nós adoramos dar dicas de coisa de comer para fazer e ganhar dinheiro e hoje nós vamos te mostrar como fazer nhoque para vender. Além de uma receita deliciosa, nós vamos te dar dicas para lucrar com esse alimento. O nhoque é um prato muito apreciado por nós brasileiros e isso já é um grande motivo para fazer dele um negócio. Além do mais, trabalhar com alimentação é trabalhar com uma necessidade do ser humano que precisa ser suprida. A gente precisa comer todos os dias, mais de uma vez. Isso significa que sabendo escolher técnicas de venda eficiente, você não terá problema com sua clientela. Terá sempre alguém pronto para comprar o seu nhoque. Para fazer disso um negócio também é preciso que você aprenda a receita, que dê seu toque especial e consiga fazer com que as pessoas fiquem babando (literalmente). Também é preciso trabalhar com preço justo e bom atendimento. Vamos falar disso mais adiante. Fazer nhoque para vender dá dinheiro? A margem de lucro que você tem em uma porção de nhoque para vender é muito boa. Enquanto que você vai ter o custo de R$3 a R$ 4 para fazer a porção, você pode vender ela de R$12,50 até R$18. Pensando em uma técnica de venda em grande escala, em locais com grande fluxo de pessoa, a sua possibilidade de faturamento mensal é muito alta. Vale bastante à pena fazer nhoque para vender. A questão é juntar tudo que é necessário para que essa ideia se torne um sucesso e você vire um grande empreendedor do ramo alimentício. Quando a gente quis falar sobre como fazer nhoque para vender, a gente já sabia do potencial que o negócio tinha. Vemos histórias todos os dias de pessoas que faturam muito dinheiro vendendo massas. Alguns optam por trabalhar de forma informal, outros abrem uma casa de massas… A questão é que nos dois casos os resultados são satisfatórios. Você pode ser o próximo! Como fazer nhoque para vender? Pronto! Chegou a hora que vamos te mostrar como fazer nhoque para vender. Por mais que você não tenha muita familiaridade na cozinha, se você praticar, em pouco tempo estará fazendo um nhoque delicioso. O segredo é justamente esse: praticar! Aproveite e chame pessoas próximas para experimentar, é muito bom ouvir a opinião de terceiros. Peça que sejam sinceros, porque isso vai te ajudar muito. Com o tempo, quando você estiver se sentindo mais seguro com a produção do prato, você pode ir acrescentando ingredientes próprios, dando o seu toque especial e diferenciado o seu produto de todos os outros. Preste bastante atenção a receita que vamos te apresentar e não desista na primeira tentativa. Uma das coisas que faz alguém chegar ao sucesso é a sua persistência. Ok? Vamos lá! Receita de Nhoque A gente separou par você uma receita de nhoque...

Leia Mais »

Na onda da vida saudável, cada vez mais empresas investem em delivery de marmita congelada

Na onda da vida saudável, cada vez mais empresas investem em delivery de marmita congelada Apesar da praticidade que oferecem no dia a dia, o consumo de alimentos congelados por muito tempo foi associado a práticas alimentares inadequadas. Isso acontecia porque a maioria destes produtos eram industrializados, ricos em sódio, conservantes, calorias e ainda por cima, continham um sabor um tanto sem graça, ou “insosso” como muita gente costuma dizer. Mas, com a mudança de hábito que muitas pessoas têm adotado, em busca de uma vida mais saudável, este panorama também mudou. Ah, sim, mas antes de pensar em fazer comida e congelar da forma correta, aquele monte de desculpa aparece na cabeça: “eu não tenho tempo pra cozinhar, nem congelar; Eu almoço tão rápido que não dá pra descongelar a comida; Fazer comida? Deus me livre. Peço um delivery e está de bom tamanho!” Mas, olha só que boa notícia: hoje é muito fácil encontrar alimentos congelados à pronta entrega, feitos de maneira natural e saudável, com orientação de nutricionistas. É o mesmo delivery, mas com opções saudáveis e saborosas. Então, se você é do time dos ‘sem tempo’, mas preza por uma refeição saudável, confira as dicas de marcas que oferecem alimentos saudáveis na pegada do ‘easy to go’.  Equilíbrio Saúde A Equilíbrio Saúde prepara comidinhas saudáveis e funcionais, congeladas, para toda a grande São Paulo e capital. Seu cardápio, feito com supervisão do nutricionista Gabriel Cairo, vai de sopas a sucos, produzidos com o intuito de oferecer o melhor para seus clientes. “Para manter o sabor, cozinhamos cada alimento no seu tempo certo. Tempo esse que é informado pelo nutricionista, com tempero na medida, para refeições saudáveis. Nada é muito carregado, pois o congelamento tende a acentuar os temperos e amaciar os alimentos”, explica a gerente de marketing da marca, Andreia Blanc. Dentre os pratos mais pedidos na Equilíbrio Saúde estão: strogonoff de frango Light, abobrinha recheada, carne em cubos com grão-de-bico e batata doce Assada. Vale experimentar!  Naturê Delivery Para o pessoal que está na região do ABC, outra marca que oferece o conceito de fast-food saudável com pegada detox é o Naturê Delivery. Em seu cardápio é possível encontrar sucos, saladas de frutas, saladas funcionais no pote, proteínas saborosas, entre outros. Eles ainda contam com a opção de um cardápio personalizado. É uma delícia e o melhor: não faz mal! Leve e Pronto Outra opção que tem feito sucesso na grande São Paulo é a Leve e Pronto, que conta com um cardápio caseiro e saudável. São diversas opções individuais e embaladas a vácuo, que varia entre pratos prontos e personalizados, onde o cliente pode escolher as proteínas e carboidratos, entre outros acompanhamentos. A empresa oferece kits fitness, infantil, light, low carb, sem lactose e ainda vegetariano. Aprovado!...

Leia Mais »

Biscoitos Como Fazer, Embalar e Lucrar

Biscoitos Como Fazer, Embalar e Lucrar Muitos leitores aqui do blog tem me pedido ideias de negócios mais simples, que possam ser iniciadas com pouco dinheiro e até mesmo a partir de casa. Então decidi compartilhar aqui hoje algumas dicas de como fazer biscoitos para vender! É natural que se você fizer uma pesquisa pela internet, provavelmente vai encontrar inúmeras receitas de biscoitos caseiros para fazer e até mesmo alguns exemplos de pessoas que conseguiram se dar muito bem com a fabricação de biscoitos, como é o caso da alagoana Maria Aparecida que foi destaque até mesmo na Feira do Empreendedor, realizada pelo Sebrae, em 2013 por conta dos seus biscoitos. Então o que eu irei compartilhar aqui são pequenas informações passo a passo para iniciar a produção de biscoitos para vender em sua cidade e transformar esta prática na sua nova fonte de renda extra ou quem sabe até ganhar dinheiro suficiente para manter sua própria família. Como fazer biscoitos para vender? Infelizmente eu não tenho grandes habilidades na cozinha, mas a minha mãe sabe fazer um biscoito doce maravilhoso que as vizinhas e pessoas mais próximas costumam pedir para que ela faça frequentemente, portanto se ela quisesse poderia vender facilmente pela cidade. Para fazer este biscoito é super simples e segue aqui os ingredientes necessários: 1 litro de farinha de tapioca, 1 litro de farinha de trigo, 12 ovos, 500g de açúcar, manteiga ou óleo, leite e uma pitada de sal. Após isso é só amassar todos os ingredientes até ficar no ponto de cortar ou enrolar. Após isso é só espalhar a massa, cortar os biscoitos em tamanhos pequenos e colocar na forma para ir ao forno. Dentro de pouco tempo você terá deliciosos biscoitos caseiros para vender ou para presentear as pessoas queridas ao seu redor. Mas, como o nosso foco aqui é falar sobre a produção de biscoitos para venda, você vai precisar aprender fazer vários tipos de produtos diferentes, como biscoitos doces e salgados, com ingredientes diversos, utilizando recheios e muito mais, afinal quanto maior for o seu leque de biscoitos disponível, maior tende a ser a procura por parte das pessoas. Embalagem para biscoitos caseiros No próprio curso que eu lhe indiquei anteriormente é ensinado tudo sobre a embalagem dos biscoitos, no entanto isso não será tão complicado quanto parece. Basicamente o que você vai precisar é adquirir aqueles saquinhos transparentes para colocar seus biscoitos, irá dar um nó na boca do saquinho ou usar uma pequena maquina de selagem para lacrar e já estará pronto para vender à clientela. Mas lembre-se que a higiene será um dos requisitos mais importantes para obter sucesso com seus alimentos, então utilize embalagens limpas, trabalhe com luvas de plástico enquanto estiver embalando os biscoitos e faça tudo com o máximo de cuidado, afinal um pequeno descuido poderá levar seu novo negócio por água abaixo. Uma outra alternativa...

Leia Mais »