Alimentação

Alimentos que Ajudam na Perda de Peso

Alimentos que Ajudam na Perda de Peso Os Alimentos que ajudam na perda de peso são aqueles que além de se manter saudável, ajudam a aceleram o metabolismo, a queimar calorias, fortalecer o sistema imunológico e dar-lhe energia. Mas o melhor de tudo, existem alimentos que Ajudam na Perda de Peso e ainda melhora a saúde em geral. Aveia:  Esse é um alimento versátil e um dos mais importantes quando se fala em perda de peso. Ele é um grande aliado do emagrecimento porque é nutritivo e rico em fibras solúveis, ou seja, fibras que ficam por mais tempo no aparelho digestivo e por isso oferecem saciedade por um período maior. Além disso, no estômago as suas fibras se tornam um gel que atrai moléculas de gordura e de açúcar, ajudando a sua eliminação. O índice glicêmico da aveia é baixo, uma vez que os seus carboidratos são absorvidos de forma mais lenta, evitando os picos de glicose no sangue, que como você já deve saber, são responsáveis por disparar o sinal para acúmulo de gordura no organismo, prejudicam a sensação de saciedade (você nunca se sente satisfeito ao comer), e ainda aumentam a sensação de fome. Quinoa: Também é outro alimento que oferece maior saciedade, mas nesse caso porque o seu metabolismo é mais lento. Não pode faltar em nenhuma lista de alimentos saudáveis. Além de fibras e proteínas, conta com carboidratos, assim, é um alimento completo, mas com baixo índice glicêmico e uma opção para quem não pode comer glúten, pois não o possui. A quinoa é muito rica em proteínas, contendo todos os aminoácidos essenciais que o organismo precisa, mas que o corpo humano não produz. Nesse sentido, a proteína dessa semente é vista como um tipo completo, diferente de muitos outros alimentos de origem vegetal, que são deficientes em certos aminoácidos essenciais, como a lisina.  Salmão: É uma opção altamente proteica, além de ser um peixe muito saboroso. Além das suas proteínas prolongarem a sensação de saciedade, esse peixe é isento de gorduras saturadas, bem como é uma importante fonte de ômega 3, que entre outros benefícios reduz o estresse e ajuda a memória e a concentração. Sem contar que o próprio teor gorduroso do salmão ajuda na tão importante e decantada sensação de saciedade. Ou seja, é “bate e entope”. Recuperar a saciedade é importantíssimo para comer menos no total, e assim, emagrecer. Arroz integral: Esse grande aliado do dia a dia combina com muitos pratos, mas ele está entre os alimentos que ajudam a emagrecer porque em apenas meia xícara do grão existe 1,7 g de amido resistente, ou seja, um carboidrato saudável, que colabora com o organismo na queima de gorduras. Como você deve saber, a diferença entre o arroz integral e o arroz branco está no processamento, onde as partes que contém os melhores ingredientes do arroz integral são retiradas. Dessa forma, o arroz...

Leia Mais »

REMÉDIOS CASEIROS PARA GASTRITE

REMÉDIOS CASEIROS PARA GASTRITE Em nossos dias, os problemas de gastrite são cada vez mais frequentes no ser humano, seja por conta do estresse acentuado, ou por  erros na alimentação que muitos insistem em não corrigir, prejudicando todo o aparelho digestivo e outros órgãos. Então, para quem sente aquela queimação na boca do estômago com frequência, fique alerta, pois se a queimação for persistente pode ser problemas mais graves, mas enquanto não se descobre o porquê dessa queimação, melhor é combatê-la com remédios naturais. Entre as muitas opções para esses remédios podemos citar: Suco de batata As batatas cruas são altamente alcalinas e se ingeridas em forma de suco contribuem diretamente na desintoxicação do sistema digestivo, com isso, aquela queimação causada pela gastrite logo passará oferecendo uma sensação bem refrescante. Para preparar esse suco, lave bem e descasque uma batata de tamanho médio e passe na centrífuga, mas na falta desta, use meia xícara de água junto com a batata e bata no liquidificador. Depois disso, coe e beba em seguida. Chá de  Gengibre  Devido a suas propriedades anti inflamatórias e antibacterianas o gengibre em forma de chá também é bastante eficaz no tratamento da Gastrite, e nesse caso, basta ferver 1 xícara de água e depois adicionar 3 rodelas de gengibre fresco. Deixe amornar e beba com paciência antes das principais refeições. Chá de Camomila  Por ser rico em óleos essenciais ao aparelho digestivo, a camomila em forma de chá também é eficaz no combate a Gastrite, prisão de ventre, e até para prevenir úlceras. Para preparar o chá por infusão, ferva 1 xícara de água, tire do fogo e acrescente 2 colheres da flor de camomila seca e aguarde 15 minutos antes de ingerir. Cuide sempre para não ferver a camomila, e beba o chá duas vezes por dia. Suco de couve folha  Outra opção para combater a Gastrite é o  suco preparado com couve folha e suco de limão. Esse suco deve ser ingerido em jejum todos os dias. E para prepará-lo basta bater no liquidificador 2 folhas da couve com o suco de 1  limão e 200 ml de água para ingerir em seguida. Chá de Espinheira Santa  Devido as suas propriedades que contribuem para combater o ácido gástrico, o chá de Espinheira Santa é mais uma das alternativas para se obter sucesso no combate a esse mal e se ingerida com frequência, ela regulariza todo o aparelho digestivo. Para preparar esse chá basta usar 1 xícara de água fervente e 3 folhas da planta rasgada. Deixe descansar por 15 minutos e depois é só beber. Para quem desejar poderá preparar o chá em maior quantidade para conservar na geladeira e beber durante o dia. Se usarmos uma das receitas citadas acima com regularidade, certamente vamos eliminar o problema da gastrite, porém é preciso também cuidar muito com a alimentação que ingerimos, deixando de lado...

Leia Mais »

Alimentos Ricos em Antioxidantes

Alimentos Ricos em Antioxidantes Nosso corpo naturalmente produz substâncias antioxidantes para combater os efeitos dos agentes oxidantes, mas para que isso seja possível é necessário que o organismo tenha uma dieta rica em antioxidantes. Foi comprovado que a ingestão desse tipo de alimentos previne doenças cardiovasculares, diabetes, cancer e ajudam a aumentar a longevidade. O que está começando a ser estudado, é o efeito que esses alimentos têm na performance de atletas de alto rendimento. Performance e Estresse Um estudo recente da Universidade de Newcastle na Austrália, mostrou que quando atletas diminuíam a quantidade de alimentos antioxidantes ingeridos durante o dia, tinham uma queda de performance de 2% a 3% e um aumento significativo no estresse causado pelos treinos, como dores, cansaço e falta de disposição. O quê e como comer? Frutas e Verduras Frutas e verduras são consideradas as melhores fontes de antioxidantes para o corpo. Portanto, recomenda-se a ingestão de cerca de cinco porções de frutas e verduras todos os dias. Ricas em vitaminas C e E, ajudam o corpo a se defender dos agentes oxidantes. Peixe Peixe é uma excelente fonte de nutrientes para ciclistas. Contém altos níveis de gorduras essenciais como EPA e DHA e o antioxidante Omega-3, que além de ajudar na proteção do corpo, reduz a pressão sanguínea, melhoram as funções psicológicas e motoras, ajudam na performance de atletas, uma vez que penetram nas células musculares e reduzem as lesões musculares e ajudam a aliviar dores decorrentes de estresse muscular. Raízes e cereais Cereais e raízes não processados, ou seja, que não estejam em pasta, refinados ou em pães, são extremamente ricos em antioxidantes, além de possuírem gorduras saudáveis e muitas vitaminas. Cuidados O efeito dos alimentos antioxidantes sobre a performance esportiva ainda é um campo pouco estudado, portanto é indicado um acompanhamento nutricional para que não se tenha o efeito contrário. Por exemplo, foi evidenciado em pesquisas, que o consumo excessivo de vitamina C, diminui a adaptação do atleta aos treinos. Certamente, você já escutou falar em alimentos antioxidantes. Eles agem, sobretudo, na prevenção dos radicais livres, formados a partir do metabolismo do nosso próprio organismo, e, em excesso, causam, dentre diversos problemas, o envelhecimento precoce. Porém, onde você pode encontrá-los? Para que tudo fique mais claro, siga essas instruções! – Abóbora, morango, brócolis, pimenta, cenoura, couve, espinafre, melão amarelo, damasco, pêssego e mamão são ótimas fontes de betacaroteno, um tipo de antioxidante. – A vitamina C, tão presente no nosso dia-a-dia também é um tipo de antioxidante. Ela pode ser facilmente encontrada no melão, kiwi, goiaba, caju, abacaxi, tangerina, laranja, dentre outros. – As amêndoas, avelãs, amendoins, azeite de oliva, óleo de girassol, leite, batata-doce, manga e germe de trigo são ricos em vitamina E, outro antoxidante. – O cobre pode ser encontrado em grãos integrais, chocolate amargo, carnes e legumes. Já o zinco, nas carnes, ostras, moluscos e todos os...

Leia Mais »

Alimentos Anti-inflamatórios

Alimentos Anti-inflamatórios  A inflamação crônica é a causa de muitas doenças, incluindo a artrite reumatóide, a aterosclerose, a febre do feno e muitas outras doenças. os Remédios anti-inflamatórios das farmácias têm efeitos secundários, especialmente quando utilizado a longo prazo. A boa notícia é que muitos alimentos têm propriedades anti-inflamatórias e alguns deles funcionam melhor que remédios de venda livre, mas sem os efeitos colaterais. Aqui está uma lista dos os 10 alimentos anti-inflamatórios. Alga marinha: contém um composto que é um carboidrato complexo, que é um poderoso anti-inflamatório. Abacates: contêm muitos compostos diferentes que combatem a inflamação. Isto inclui carotenóides, fitoesteróis, álcoois graxos polihidroxilados e omega-3 os ácidos gordos que todos trabalham em conjunto no processo anti-inflamatório. Salmão selvagem do Alasca: é uma das melhores fontes de ômega-3 os ácidos gordos que tem benefícios contra a inflamação. Os ômega-3 são utilizados no tratamento de uma ampla gama de doenças inflamatórias, de doenças do coração para a doença de Alzheimer de desordens auto-imunes. Outros peixes oleosos como sardinhas, anchovas, cavala e também são anti-inflamatórios. A curcumina na cúrcuma: é um poderoso anti-inflamatório que tem sido mostrado ser tão bom se não melhor do que de os remédio anti-inflamatórios das farmácias. Suco de cereja: são um dos mais poderosos anti-inflamatórios da natureza devido às antocianinas que eles contêm. Pesquisadores descobriram que prevenir os danos dos radicais livres e inibir enzimas ciclooxigenase melhor do que muitas drogas anti-inflamatórias. Uma pesquisa realizada mostrou que ao beber suco de cereja azedo misturado com água três vezes por dia pode ser benéfico para algumas pessoas com artrite. Azeite Extra Virgem: contém ácido alfa-linolênico (ALA), um tipo de ômega-3, que é um potente anti-inflamatório. Note que você não deve cozinhar com azeite de oliva extra-virgem, mas deve comê-lo frio, por exemplo, jogou em molhos para saladas ou regados sobre o alimento depois de ter sido cozido. Para cozinhar, utilize óleo de oliva regular ou outros óleos que podem ser aquecidos a temperaturas elevadas, como o óleo de coco. Gengibre: não e só um analgésico anti-inflamatório das dores natural, mas também foi demonstrado que proteger o estômago dos efeitos de analgésicos. Beber chá de gengibre é uma ótima maneira para as pessoas com artrite. Muitas pessoas com artrite achar que o chá de gengibre é útil para os sintomas da artrite. O alho: reduz inflamação dor no corpo, graças aos compostos de enxofre que ela contém. Mirtilos: um composto chamado antocianina no Mirtilos é responsável por suas propriedades anti-inflamatórias. Mamão: contém enzimas chamadas papaína e quimopapaína que foram mostrada que reduzir a inflamação no corpo. Mamão também contém uma riqueza de vitaminas, incluindo C e E, que o trabalho contra processos inflamatórios.  ...

Leia Mais »

Alimentação Adequada para gastrite

Alimentação Adequada para gastrite Dieta para gastrite a procura por ela é cada vez mais comum na vida de muitas pessoas isso porque a correria do dia-a-dia faz com que os cuidados com a alimentação sejam deixados de lado e podem surgir problemas como a gastrite. Se você sofre com esse problema fique atento as melhores dicas para solucioná-lo. Antes de saber os principais cuidados da alimentação para tratar os sintomas da gastrite é preciso entender um pouco mais sobre o que é a gastrite. O próprio nome nos diz muito sobre o que é a gastrite “ite” significa inflamação que no caso se instala na parede do estômago. A dieta para gastrite visa fortalecer o seu sistema imunológico para que ele possa combater os processos inflamatórios do estômago assim como acelerar o processo de cicatrização da mucosa (parede) do estômago. Com uma alimentação equilibrada é possível evitar as complicações geradas pela gastrite, como por exemplo, que ela evolua para a úlcera que forma uma perfuração no estômago podendo evoluir até para o câncer. Na dieta para gastrite o passo mais importante é manter o consumo de alimentos com ph alcalino e diminuir o consumo de alimentos ácidos, pois estes irão agravar o processo inflamatório. Então deve prevalecer em seu cardápio diário alimentos como: Banana Cenoura Arroz de preferência integral Couve Salsa Beterraba Rabanete Brócolis Couve-flor Repolho Branco Vegetais de folhas verdes escuras Alho Maçã Dê preferência pelos sucos naturais sem açúcar, água de coco, chá de erva doce ou camomila sem açúcar e água. Remédios caseiros para curar Gastrite: Suco de batata – as batatas cruas são altamente alcalinas e se ingeridas em forma de suco contribuem diretamente na desintoxicação do sistema digestivo, com isso, aquela queimação causada pela gastrite logo passará oferecendo uma sensação bem refrescante. Para preparar esse suco, lave bem e descasque uma batata de tamanho médio e passe na centrífuga, mas na falta desta, use meia xícara de água junto com a batata e bata no liquidificador. Depois disso, coe e beba em seguida.  ...

Leia Mais »

Gastrite o que comer e o que não comer

Gastrite o que comer e o que não comer  Gastrite é uma inflamação que afeta o revestimento do estômago, podendo ser aguda, quando é passageira ou crônica, aquela que persiste por meses ou até anos. Os principais sintomas da gastrite é dor abdominal, acompanhada de azia ou queimação, vômitos, perda de apetite e até o sangramento digestivo. As causas da gastrite pode ser o uso prolongado de certos medicamentos, infecção pela bactéria Helicobacter pylori, estresse excessivo, ingestão de bebidas alcóolicas e refluxo. Mas, através da alimentação você pode ajudar a melhorar ou piorar a gastrite, pois alguns alimentos têm o poder de proteger e outros de agredir a mucosa que reveste a parte interna do estômago. Sendo assim, confira algumas dicas do que  comer e o que  não comer para podermos evitar e também combater a gastrite: Gastrite o que comer para melhorar As frutas não ácidas como o mamão, a banana, maçã, pera, goiaba, melão são indicadas, assim como os sucos dessas frutas. Legumes e verduras refogadas, como o brócolis, cenoura, chuchu também são ótimas na prevenção e combate a gastrite, você pode comer sem medo. Outros alimentos indicados também são iogurte, gelatina, água de coco, ovo, batata. Chá de hortelã e alecrim também são poderosos aliados contra a gastrite, pois ajudam na digestão e diminuem a acidez do estômago.   Gastrite o que não se deve comer Já outros alimentos são considerados vilões quando o assunto é gastrite. Entre eles destacam-se os alimentos ácidos, que irritam ainda mais as paredes dos estômago, que são: limão, abacaxi, acerola, kiwi, laranja, assim como os condimentos industrializados como ketchup, mostarda, molhos especiais, molho de tomate. Frituras, doces, refrigerantes, café, chocolate e álcool também devem ser abolidos da dieta de quem quer evitar o problema e, principalmente aqueles que já foram acometidos pela gastrite ou que apresentam crises.   Gastrite o que fazer para melhorar Além da escolha dos alimentos, outras medidas são fundamentais para evitar e tratar a gastrite, como respeitar os horários das refeições, procurando se alimentar de três em três horas fazendo pequenas refeições, procure mastigar bem os alimentos, não fumar, procure dar preferência a uma alimentação saudável a base de frutas, legumes, verduras e carnes magras , beba bastante água e evite tomar medicamentos sem orientação médica, assim como bebidas e alimentos que agridam o estômago.  ...

Leia Mais »