Dicas Indispensáveis Para Qualquer Dona De Casa

Aprenda o Jeito Correto de Higienizar Alface e Outras Verduras

Aprenda o Jeito Correto de Higienizar Alface e Outras Verduras Você já está cansada de saber que, para ter uma alimentação saudável, é preciso consumir de cinco a seis porções diárias de verduras e legumes. Esses alimentos são ricos em vitaminas e sais minerais, que são essenciais para o bom funcionamento do nosso organismo, e ainda são excelentes fonte de fibras, que aumentam a sensação de saciedade e melhoram o funcionamento do intestino. Porém, como muitos desses alimentos são consumidos crus, é preciso ter um cuidado especial na hora de prepará-los, lavando-os de forma a remover micro-organismos e o excesso de agrotóxico. Para isso, não basta apenas passar as verduras embaixo d’água, sob o risco de não eliminar completamente todos os elementos que oferecem ameaça à nossa saúde. Pensando nisso, separamos algumas dicas sobre como lavar corretamente a alface e outras verduras e permitir que você tenha mais segurança na sua alimentação: Como lavar alface corretamente A alface, com todas as suas variedades, é o vegetal folhoso mais consumido no nosso dia a dia. Ela é rica em fibras, tem propriedades calmantes, contém vitamina K e ainda ajuda a diminuir o índice glicêmico depois das refeições. Apesar de todos esses benefícios, ela pode chegar à sua casa contaminada por micro-organismos adquiridos no cultivo ou no transporte, por isso é necessário higienizá-la muito bem. Confira o passo a passo: Lave as mãos e a pia antes de iniciar a higienização para evitar a contaminação do alimento; Corte a parte dura que fica na base do pé de alface e separe as folhas, descartando as mais externas; Deixe as folhas de molho por 15 minutos em uma solução feita com 1 colher de sopa de água sanitária para cada litro de água; Enxágue muito bem a alface em água corrente fria, inspecionando o aspecto de cada folha. É importante descartar as folhas externas e remover regiões com muitas dobras porque é nessas partes do vegetal que costuma haver a maior concentração de bactérias, agrotóxicos e resíduos fecais de insetos e outros animais. Outras dicas para higienizar corretamente seus alimentos Você já deve ter visto muita gente usando vinagre para higienizar seus vegetais, mas você sabia que esse não é o melhor procedimento? Confira essa e outras dicas importantes para fazer a higienização do seu alimento e garantir a segurança nas suas refeições: Não adianta usar vinagre Muita gente gosta de usar vinagre misturado com água para eliminar os micro-organismos, mas a verdade é que ele não tem o mesmo poder da água sanitária. O vinagre ajuda a remover a terra e a soltar lavar e insetos que ficam presos nas folhas, mas ele não mata as bactérias. Esfregue frutas e vegetais que serão consumidos com casca Frutas e vegetais que serão consumidos com casca, como maçã, ameixa e abobrinha, devem ser esfregados com uma esponja limpa para remover a sujeira e...

Leia Mais »

Cronograma de Limpeza Semanal da Casa

Cronograma de Limpeza Semanal da Casa Há quem goste, quem não suporta, quem enrola ou sai correndo. Sim, tratam-se das tarefas domésticas. Um estudo feito por professores da Universidade Federal Fluminense concluiu que as mulheres gastam em média 26 horas e 20 minutos semanais para deixar a casa em ordem. E com as recentes mudanças nas contratações de empregados domésticos, a tendência é que estes afazeres ocupem cada vez mais a agenda. Mas a falta de tempo no dia a dia não precisa ser sinônimo de desorganização. Ao contrário, com um pouco de planejamento é possível manter a casa sempre em ordem, sem se matar de tanto trabalhar, defende a organizadora pessoal Adriani Gonçalves, da Ag Personal Organizer. “Muita gente não gosta, mas para uma boa organização e administração da casa a rotina é essencial. Estabelecer uma ordem nas tarefas facilita e orienta para o que deve ser feito, quando e como”, diz Adriani. Por onde começo? O primeiro passo para organizar sua rotina de limpeza da casa é elaborar uma lista com tudo o que você precisa fazer e do tempo que cada tarefa requer. Depois, monte um cronograma distribuindo as tarefas pelos dias da semana e do mês – e, claro, coloque-o em prática. Este esquema organizado de limpeza da casa tende a ser muito mais eficiente que fazer a faxina inteira em um único dia. Estabelecer rotinas é fundamental para começar a organizar-se. A criação deste tipo de roteiro, aliás, é um dos princípios do método FLy landy, um sistema americano criado para ajudar na limpeza da casa e que tem sido seguido por mulheres do mundo todo. Na elaboração deste cronograma, é preciso considerar também a periodicidade de cada uma das atividades listadas (se precisam ser feitas diariamente, semanalmente ou mensalmente, por exemplo), acrescenta a personal organizer. Se for preciso, faça modificações no roteiro quando julgar necessário, de acordo com o tamanho e as necessidades da sua família. O que fazer e quando? Algumas tarefas merecem (ou devem!) ser realizadas diariamente – como lavar a louça e arrumar a cama. Mas incluir outras menos “desejadas” (limpar o vaso sanitário, por exemplo) na rotina diária também pode te ajudar a poupar tempo e evitar transtornos. Alguns destes afazeres tomarão cada vez menos tempo se forem feitos com regularidade. Por isso, devem fazer parte de uma rotina diária de limpeza da casa. Mas outras tarefas podem ser distribuídas ao longo da semana. Como rotina semanal, a consultora em organização Adriani Gonçalves sugere o cronograma abaixo. “As tarefas podem ser reordenadas conforme a necessidade e o roteiro serve, inclusive, para orientar diaristas e empregadas domésticas sobre o que precisa ser feito”, explica Adriani. Segunda-feira Trocar roupas de cama Trocar as toalhas de rosto do banheiro Colocar as roupas para lavar Tirar o lixo para fora Separar as contas semanais a pagar Terça-feira Varrer a sala e os banheiros...

Leia Mais »

Facilitando a Semana com Refeições Congeladas

Facilitando a Semana com Refeições Congeladas Sexto dia após a feira está lá na geladeira aquela cenoura mirradinha, um restinho de brócoli meio amarelado, nada disso me entristece mais. Odeio desperdício de comida, me dói o coração jogar fora vegetais, mesmo que eles não estejam lá aquelas coisas. Encontrei solução pra isso, que aliás, resolve vários problemas do meu dia-a-dia como desperdício de comida, desperdício de dinheiro, desperdício de tempo e falta de vontade/criatividade na cozinha. Normalmente nossas refeições em casa tem como base arroz, feijão, algum tipo de legume e saladas, ou alguma massa, o prato principal varia, carne, frango, peixe, ovos, ou até algum legume mais substancioso, com base nisso planejo as refeições que podem ser congeladas no final de semana. Na sexta-feira a noite já deixo de molho alguns feijões ou leguminosas, gosto de variar e ter pelo menos dois tipos diferentes de feijões, calculo 1 xícara de feijão cru para cada 2 refeições (1 xícara para minha família de 2 e 1 pequeno rende almoço e jantar) como planejo 5 dias de almoço e jantar demolho pelo menos 5 xícaras variadas, esta semana fiz 2 de feijão preto, 1 de carioquinha, 1 de feijão branco e 1 de feijão de corda. No sábado acordo e junto com o café da manhã já vai para a panela um dos feijões com o tempero para o feijão  e sem sal, o sal acentua muito após congelado, prefiro temperar quando descongelo.  Feijão vermelho, branco, preto e carioquinha congelados  Domingo é dia de hortifruti, frequento um hortifruti que faz pacotes com preços especiais no domingo perto do horário de fechamento, não abrem na segunda e para evitar perder eles fazem esta liquidação. Alguns já estão machucadinhos e perto de estragarem, mas para quem faz a seleção e higienização no dia vale muito a pena! Chegando em casa já coloco uma panela grande com água para ferver, lavo, descasco e corto em cubos os legumes, preparo um banho maria invertido em um bowl que nada mais é que água fria com gelo, lavo e higienizo as folhas e coloco para escorrer e quando secas já coloco em saquinhos plásticos com 1 folha de papel absorvente e levo a geladeira. Levo legume por legume na água quente para branquear, dado o tempo transfiro com uma escumadeira para o banho maria frio, após resfriá-lo por completo transfiro para um escorredor de massa. Faço isso com todos os legumes cortados e normalmente após escorrer a agua junto para preparar a seleta.  Se você preferir pode congelar cada tipo separado. Para isso não misture tudo, após o legume escorrido leve em uma assadeira descoberta (não amontoe, se preciso divida em mais de uma assadeira) para o freezer por aproximadamente 4 horas, depois disso transfira para saquinhos de congelamento. Este processo de congelar aberto faz com que os legumes não grudem um ao outro (se tiverem espaçados). Costumo colocar em sacos zip,...

Leia Mais »

Como Organizar a Geladeira para a Semana

Como Organizar a Geladeira para a Semana As compras: Isso explica bastante o motivo que deixo tudo cortadinho e higienizado: Todos os domingos vamos ao hortifruti Imigrantes. No domingo próximo a hora de fechamento eles liquidam boa parte do estoque que se deterioraria nos dias de fechamento por valores bastante atrativos (a famosa xepa).  Normalmente são sacos grandes de frutas e verduras por um valor bem abaixo do praticado e neste pacotão sempre tem alguma fruta machucada ou bastante madura que se não consumir logo irá se deteriorar. Por este motivo chego do hortifruti e já faço a seleção. As frutas e legumes machucados separo para processar. O que está bem inteirinho guardo, caso tenha necessidade corto mais no meio da semana e os legumes que estão machucadinhos separo para usar nos pratos congelados. Lavo em água corrente e depois deixo de molho por 15 minutos em água com vinagre (4 colheres de vinagre por litro), enxáguo e deixo secar.  Durabilidade das frutas cortadas na geladeira: Acredito que o que mais causou dúvidas no pessoal foi o quanto as frutas cortadas duram na geladeira. Voltando ao dia das compras, procuro trazer para casa somente o que consumimos em 1 semana. Algumas frutas como a melancia, o melão, o morango deterioram mais rápido. Outras como a uva, abacaxi e tangerina se conservam por um tempo maior. Maçã e Banana corto na hora para não oxidar ou faço salada de frutas com bastante suco de laranja, além de ser uma delicinha a laranja ajuda na conservação.  Guardo em potinhos pequenos, fica prático tanto para consumir como quantificar. Por exemplo, somos em 3 e sei que normalmente consumimos por dia 1 porção de frutas e 1 de salada cada um. Então na hora da compra já calculo o que me renderia pelo menos 15 potinhos de frutas e algumas extras que deixo para cortar caso cumprirmos esta meta. Folhas para a salada faço algo parecido, mas isso é por conta da nossa grande dificuldade em consumir saladas em todas as refeições, se eu tenho um potinho de salada para cada dia da semana acabo me obrigando a consumir. As folhas são delicadas, dos tipos de alface que já testamos a alface americana e a romana são as mais resistentes. Lavo folha por folha, deixo de molho os 15 minutos em água com vinagre que disse anteriormente, passo por água corrente, escorro um pouco da água das folhas, forro uma mesa que fica próximo de algum lugar com bastante ventilação, disponho as folhas e espero escorrer um pouco da áua, no fim dou uma secada com papel toalha para que não reste nada de umidade, corto as folhas e porciono em saquinhos. Guardo em potinhos e coloco na boca de cada potinho um papel toalha, guardo os potinhos de cabeça para baixo para o papel absorver qualquer umidade das folhas. Tomate, pimentão, tomate cereja, guardo tudo já higienizado na gaveta da geladeira, aproveito e já seleciono,...

Leia Mais »

Aprenda como Fazer Refeições Congeladas Saudáveis e Deliciosas

Aprenda como Fazer Refeições Congeladas Saudáveis e Deliciosas Marmitas congeladas podem ser feitas com qualidade e economia, possibilitando uma boa alimentação, tempo livre e qualidade de vida. Já ouviu falar de refeições congeladas? São “marmitinhas” de comida caseira preparadas com alimentos saudáveis e que podem ser levadas para o trabalho e para qualquer lugar, basta descongelar e pronto! Você deve estar pensando: “ah, não, comida congelada?! O que pode ter de saudável e gostoso nisso?” Muita coisa, pode acreditar! Não estamos falando de lasanha e outros congelados de mercado, até porque estes são alimentos industrializados e cheios de sódio e conservantes. Comida boa e saudável é aquela que a gente conhece, caseira, de preferência da nossa própria cozinha. Fazendo o nosso marmitex, dá pra garantir qualidade, economia e tempo de sobra!  E é exatamente isso que a gente precisa, né? Tempo pra trabalhar, cuidar da casa, filhos, cachorro, ir ao mercado, fazer comida… é muita coisa pra administrar! E depois de um dia longo, a única coisa que a gente quer é ter um tempo pra nós mesmos. Mas invés de descansar, o que somos obrigados a fazer? Cozinhar. Mesmo pra quem ama a culinária e tem isso por hobby, ter que preparar as refeições todo dia quando está morto de cansaço não é legal. E quando não damos conta de ir pro fogão, o jeito é pedir uma pizza ou lanche, opções nada saudáveis e nem sempre econômicas. Fast food é uma delícia, claro, mas todo dia não dá, né? Nem pro corpo nem pro bolso. Maravilhoso seria poder se alimentar bem, barato e ainda sobrar tempo pra descansar. E por que não? Vem saber como!  Os cuidados e preparativos antes de cozinhar O objetivo é justamente otimizarmos o tempo, então, para começar, escolha um dia da semana em que você esteja mais livre, porque é ele que usaremos para cozinhar. Você deve estar pensando novamente: “O quê? Vou usar meu único tempo livre para passar o dia na cozinha?!” Sim, mas vai valer a pena. São apenas algumas horas e, além disso, esse tempinho utilizado na folga vai acabar livrando um tempão durante a semana! O primeiro passo é o planejamento. Toda execução sai bem feita quando é planejada, então na véspera ou antes do seu dia livre, monte o cardápio do que for cozinhar e já compre os itens necessários.  Na véspera da preparação das marmitas, elabore o cardápio e faça uma lista dos itens que serão utilizados nas refeições  Você pode até deixar tudo para o mesmo dia, mas é recomendável antecipar para que não sobrecarregue o seu dia livre e acabe o tornando ainda mais cansativo do que o previsto. Sabemos que preparar todas as refeições já dá um certo trabalho. É importante saber o menu antes para não correr o risco de esquecer algum ingrediente na hora e ter que correr pro mercado....

Leia Mais »

Comidas congeladas Opções Práticas e Saudáveis para Guardar na Geladeira

Comidas congeladas Opções Práticas e Saudáveis para Guardar na Geladeira Alguns alimentos são conhecidos como “coringas” quando o assunto é congelamento. Veja alguns e como devemos mantê-los na geladeira por mais tempo Apesar de muita gente achar o contrário, congelar comida é sim um hábito saudável que preserva nutrientes e ainda diminui os níveis de desperdício. E, para tornar essa prática mais fácil e cotidiana, alguns alimentos podem ser chamados de “coringas”, por serem utilizados em mais de uma preparação. A nutricionista Patrícia Bertoni Brotherhood, separou algumas dessas opções de alimentos saudáveis que ajudam a tornar a nossa vida um pouco mais fácil na cozinha. Confira! Quais alimentos podem ficar na geladeira por mais tempo? Saiba como congelar! alimentar saudável, ele pode ser usado em diversas preparações, inovando o seu cardápio e fazendo com que você perca pouquíssimo tempo na cozinha. Como congelar – Cozinhe o peito de frango e desfie separando em potinhos (preferencialmente vidro) para congelar. Ao descongelar você pode preparar: Salpicão de frango, misturando vegetais crus como cenoura e repolho, enlatados (milho, ervilha, palmito) e o que mais tiver na geladeira. Acrescente requeijão light ou pasta de ricota para emulsificar”, indica a nutricionista. Grão de bico: Versátil e saboroso, o grão de bico é uma boa opção para incluir uma boa quantidade de fibras alimentares na sua alimentação. Seu consumo está relacionado com a diminuição do colesterol e uma boa saúde cardiovascular. Como congelar – Após ser cozido, o grão de bico deve ser congelado em pequenas porções dispostas no congelador. Para utilizá-lo, basta descongelar (na geladeira ou em temperatura ambiente) e incluir em saladas, pastas, almôndegas, quiche, tortas salgadas e até hambúrguer, para o grupo dos veganos e vegetarianos. Banana: Uma das frutas mais consumidas pelos brasileiros, a banana também pode ser uma alternativa boa para ter no freezer. Além de aumentar a durabilidade da fruta, congelar a banana conserva os bons níveis de potássio presentes no alimento, fundamentais para ajudar na saúde do coração e tornar o cérebro saudável e ativo. Como congelar – Descasque, pique e coloque em potes pequenos. Pode ser utilizada, sem precisar descongelar, em vitaminas, smoothie, bolo e até sorvete. Couve: O vegetal verde escuro é extremamente rico em nutrientes importantíssimo para nossa saúde. Vitaminas A, do complexo B, K e C podem ser encontradas na composição, além de ser um alimento rico em ferro, fósforo e magnésio. Como congelar – Lave bem e pique as folhas de couve, para poupar o seu tempo na hora de utilizá-las. Guarde em potinhos em pequenas porções. Retire do freezer algumas horas antes de usar e deixe-as na geladeira. A couve pode ser usada para suco verde, sopas e refogados com alho e cebola. Talos e folhas de vegetais: O uso de brócolis, couve flor e espinafre, por exemplo, sempre resulta no acúmulo de talos que acabam indo para o lixo, não é...

Leia Mais »