Receita de Pão de Queijo Para fazer e Vender

Receita de Pão de Queijo Para fazer e Vender

Receita de Pão de Queijo Para fazer e Vender

1 kg de polvilho azedo (os bons, aqui em MG, são o Amafil e o Marines, mas se não tiver nenhum dos dois, pode ser qualquer um, vamos dar uma chance…)

Queijo maia cura, acervo pessoal

200 ml de óleo ( de milho, girassol, canola… )

  250 ml de leite

6 a 8 ovos (depende do tamanho… se for orgâncio, vai ficar bem amarelinho, as pessoas podem até pensar que vc usou fubá, mas é a gema!)

Sal (1 colher de sopa)

250 g. queijo minas curado ou meia cura (se for curado, ralado no ralo fino, se for meia cura, no ralo grosso) – isso faz diferença porque se for no ralo grosso, o queijo fica mais aparente, com umas pintinhas na casquinha, se for ralado fino, fica mais “cascudinhos”, sem as pintinhas aparentes. O queijo curado é mais amarelinho, com a casquinha mais grossinha. O queijo meia cura, tem uma cor mais clarinha, e uma textura de casquinha, não tão grossinha.

Queijo ralado grosso, foto acervo pessoal

Modo de fazer:

igar o forno, em temperatura média (220-250º se for a gás, do fogão, 180-200º se for no forno elétrico);

Sovar bem o polvilho; *o que é sovar? Sovar é sovar, uai!” Minha memória sensitiva, quando minha mãe me deu a receita, me disse, que, ahn, sovar, blz… Na hora de fazer, eu fiquei amassando e esfregando o polvilho, até lembra, mais corporalmente, do que mentalmente, a posição de “sovar”: punho fechado, como se estivesse dando murros no polvilho. Não, brincadeira. Não, sério! O polvilho é uma espécie de farináceo, ou o que seja, que é bem grosseiro, e já me peguei pensando em colocar o polvilho no liquidificador, em vez de ficar esfarinhando e esfarelando os carocinhos do polvilho. Mas acho que não vai ter a mesma graça. Então, sovar o polvilho seria esfregar as mãos até diminuir os carocinhos do polvilho, e tirar aquelas pelotinhas mais grossinhas que não desmancham.

Escaldar o polvilho, com o leite e o óleo, que devem ser fervidos juntos (cuidado, ferve muito rápido!) E de novo, cuidado para não queimar as mãos, porque o leite e o óleo tem que estar fervendo mesmo! Então a gente mistura o leite e o óleo fervendo no polvilho sovado, misturando bem. Você pode usar uma colher de pau, mas pode tentar com a mão mesmo. Misture bem. Ainda vai ficar bem sequinho, mas é assim mesmo, só vai amolecer quando a gente colocar os ovos!

Coloque os ovos, batidos no liquidificador com o sal.  Vamos colocando aos poucos, sempre amassando e misturando os ovos com a massa de polvilho. Nessa hora, é bom ter algum assistente para te ajudar.

Meu assitente, colocando os ovos batidos

Em seguida, acrescente o queijo ralado. (a gente pode colocar metade ralado fino e metade ralado grosso, se quiser, também!). Se perceber que ficou muito dura, coloque água, aos poucos. (antes ficar dura e a gente amolecer, do que ficar mole, e aí, danou-se!)

Enrolar em bolinhas pouco menores que bolinhas de ping-pong. Para enrolar, passe óleo nas mãos, a cada vez que for necessário.

Não precisa untar a forma, já que o pão de queijo é enrolado com óleo!

Assar por 40-50 min.

Se a casquinha ficar muito dura, é sinal que a massa ficou dura! Pode colocar mais ovos da próxima vez!

Pão de queijo, pra mim, é o acompanhamento perfeito para café!

Hum, café coado na hora, é o ideal!

Mas também serve de lanche com refrigerante ou suco, e fica divino como “tira-gosto”, recheado com o que quiserem, pernil, presunto, patês diversos, e cerveja!!!

Esse é um cadiquim (traduzindo = um pouquinho) de Minas Gerais =Geraes na sua casa!

Quando morava com minha mãe, tentei por várias vezes aprender a fazer pão de queijo. Na relação conturbada entre ser igual a minha mãe, e ser o seu total oposto, eu nunca consegui aprender, e ela não conseguia ensinar! A gente sempre brigava. Quando saí de casa, descobri-me cada vez mais parecida com minha mãe. E, ainda bem, tenho as mesmas mãos para a cozinha! E fico feliz!

 

Postar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *